O Antagonista

Tarifa zero dobra usuários de ônibus em cidade de SP

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 15.12.2023 10:16 comentários
Brasil

Tarifa zero dobra usuários de ônibus em cidade de SP

Um mês após a implementação do programa Tarifa Zero em São Caetano do Sul, na região metropolitana de São Paulo, o número de usuários do transporte público mais que dobrou. Segundo dados preliminares, a média diária de passageiros aumentou de 25 mil para cerca de 52 mil, com picos de 54 mil...

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 15.12.2023 10:16 comentários 0
Tarifa zero dobra usuários de ônibus em cidade de SP
Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil

Um mês após a implementação do programa Tarifa Zero em São Caetano do Sul, na região metropolitana de São Paulo, o número de usuários do transporte público mais que dobrou. Segundo dados preliminares, a média diária de passageiros aumentou de 25 mil para cerca de 52 mil, com picos de 54 mil.

São Caetano do Sul se tornou o 26º município paulista a adotar o passe livre pleno no transporte público. Agora, todos os moradores têm acesso gratuito ao transporte em todos os dias da semana e horários.

Os impactos do programa já são visíveis na cidade. Além da redução no número de remarcações de consultas no Sistema Único de Saúde (SUS), também houve uma diminuição nas filas de carros de aplicativos no terminal rodoviário. Além disso, a população está sentindo as vantagens financeiras, uma vez que não precisa mais pagar a tarifa de R$ 5,00.

Para o prefeito José Auricchio Júnior, além dos benefícios econômicos que o programa está trazendo para a cidade, o Tarifa Zero é um direito social. Ele afirma que o transporte público é um dever do Estado, assim como a saúde e a educação.

Há uma questão mais conceitual. Não só de uma discussão que está posta desde 2013 [ano em que ocorreram as grandes manifestações pelo Passe Livre] com mais intensidade. Mas acho que tem uma questão de como você encara o que é o transporte público”, disse o prefeito.

A previsão do prefeito é que os resultados econômicos da gratuidade no transporte sejam mais visíveis a partir de 2024, principalmente no comércio local. Além disso, a desoneração das empresas instaladas na cidade também é destacada como um benefício do passe livre. Os empresários deixaram de pagar o vale transporte (VT) e os trabalhadores não têm mais descontos.

Auricchio ressalta que essa medida estimula a contratação de moradores da cidade pelos pequenos comerciantes: “Esse pequeno comerciante, pequeno empresário, quando tiver que contratar o próximo funcionário para a empresa dele, vai querer o cara morando onde? Aqui. Então, acho que tem um ciclo virtuoso aí, que ainda é muito precoce para a gente perceber, mas é claramente nessa direção“.

O primeiro mês do programa Tarifa Zero custou cerca de R$ 2,9 milhões à prefeitura de São Caetano do Sul. Para executar o programa ao longo de um ano, serão necessários R$ 35 milhões, o equivalente a 1,5% do orçamento total do município previsto para 2024.

Os recursos já estão garantidos e não será necessário criar novos impostos ou taxas. O programa é financiado pelo Fundo de Apoio ao Transporte (Fatran), composto por multas de trânsito, exploração de publicidade no sistema de transporte e dotações orçamentárias relacionadas à mobilidade urbana e sustentabilidade socioambiental.

O pesquisador Daniel Santini, da Universidade de São Paulo, explica que essa tendência está relacionada à crise no sistema de financiamento de transporte com cobrança de passagens. Com a diminuição do número de passageiros, fica mais difícil manter o equilíbrio financeiro apenas com a receita das catracas.

Para Santini, é preciso buscar novas formas de financiamento e organização para garantir a sobrevivência e continuidade do transporte público: “A situação é de um círculo vicioso. Para manter a mesma receita com menos passageiros é necessário aumentar o valor da passagem; o aumento da passagem, no entanto, faz reduzir o número de passageiros”.

Mais Lidas

1

Agora até Tolkien é "extrema-direita"

Visualizar notícia
2

Musk: "Obrigado, Alex Soros, por revelar quem será o próximo fantoche"

Visualizar notícia
3

Contingenciamento: o golpe está aí, cai quem quer

Visualizar notícia
4

O "reizinho" do governo Lula

Visualizar notícia
5

"JD Vance, não Kamala Harris, representa o sonho americano"

Visualizar notícia
6

Por que o Amapá recebe tanta emenda parlamentar?

Visualizar notícia
7

"Joe Biden desiste da candidatura, mas não da Casa Branca. E agora?"

Visualizar notícia
8

Netanyahu volta aos EUA em busca de apoio contra o terror

Visualizar notícia
9

Estados Unidos de Maceió

Visualizar notícia
10

Democratas sacrificaram Biden para buscar também a maioria no Congresso

Visualizar notícia

Tags relacionadas

onibus São Caetano do Sul tarifa zero
< Notícia Anterior

Crusoé: “Um choque de anticapitalismo”

15.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Dilma, a “guerreira” do banco dos Brics

15.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Abono Salarial PIS/Pasep 2024: entenda o cronograma e os benefícios para trabalhadores

Abono Salarial PIS/Pasep 2024: entenda o cronograma e os benefícios para trabalhadores

22.07.2024 11:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Quem são os queridinhos de Lula na disputa municipal de 2024?

Quem são os queridinhos de Lula na disputa municipal de 2024?

22.07.2024 11:38 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Calendário de pagamentos do INSS em 2024

Calendário de pagamentos do INSS em 2024

22.07.2024 11:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Secretário que recebeu "dama do tráfico" deixará o governo

Secretário que recebeu "dama do tráfico" deixará o governo

22.07.2024 11:29 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.