O Antagonista

Surto de águas-vivas em Santa Catarina: Saiba como se proteger e tratar as lesões

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 05.02.2024 20:17 comentários
Brasil

Surto de águas-vivas em Santa Catarina: Saiba como se proteger e tratar as lesões

O litoral de Santa Catarina registrou um expressivo número de lesões causadas por águas-vivas nesta temporada de verão.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 05.02.2024 20:17 comentários 1
Surto de águas-vivas em Santa Catarina: Saiba como se proteger e tratar as lesões
Fonte: Reprodução

O litoral de Santa Catarina registrou um expressivo número de lesões causadas por águas-vivas nesta temporada de verão. De acordo com informações divulgadas pelo Corpo de Bombeiros Militar do estado, entre os dias 16 de dezembro de 2023 e 28 de janeiro de 2024, foram registradas 16.634 ocorrências relacionadas ao contato com estes animais marinhos.

Conheça a água-viva

As águas-vivas, também conhecidas como medusas, são características pela aparência gelatinosa e formato de sino com longos tentáculos. Estes animais marinhos podem apresentar coloração incolor, ou em alguns casos, tonalidades arroxeadas.

Os perigos da água-viva

Embora não pareçam perigosas à primeira vista, as águas-vivas possuem células urticantes, conhecidas como nematocistos, em seus tentáculos. Estas células são utilizadas na caça e na defesa do animal, porém, ao entrar em contato com a pele humana, geram uma forte sensação de queimadura.

Na região litorânea de Santa Catarina, a presença das águas-vivas é sinalizada através de bandeiras roxas instaladas próximas aos postos de guarda-vidas.

Recomendações para as vítimas

Se houver contato com uma água-viva, a orientação do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina é que os banhistas protejam a mão e removam os tentáculos que ficarem grudados na pele, sempre evitando esfregar a área lesionada.

A instância também ressalta a importância de não lavar a ferida com água doce, pois este gesto pode levar à liberação de mais veneno pelos tentáculos. Neste caso, a água do mar é uma opção mais segura.

Tratamento das lesões

Uma medida caseira que pode ajudar a neutralizar o veneno e aliviar a dor causada pela queimadura é a aplicação de uma compressa de vinagre, desde que a pessoa não seja alérgica a esta substância. A recomendação é de que a compressa permaneça sobre a área lesada por cerca de 10 minutos.

Este é o segundo ano com o maior número de casos de lesões por água-viva desde 2020. Naquele ano, entre os dias 18 de dezembro de 2019 e 30 de janeiro de 2020, foram registradas 49.585 ocorrências de lesões dessa natureza.

Esportes

Corinthians é eliminado do Paulistão após vitória da Inter de Limeira

02.03.2024 23:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Navalny: o sopro de liberdade que desafia Putin

Catarina Rochamonte Visualizar

Confira os adversários de Grêmio e Inter nas quartas de final do Gauchão

Visualizar

Augusto Melo confirma que dívida do Corinthians com Rojas é de R$ 8 milhões

Visualizar

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Visualizar

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Visualizar

Tags relacionadas

água-viva Santa Catarina
< Notícia Anterior

Toffoli requenta fake news contra Transparência Internacional

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Gonet é cúmplice de Toffoli por omissão?

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-02-05 20:42:35

Não, redatores de O Antagonista, jamais poderá existir "coloração incolor"!


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

02.03.2024 21:41 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

02.03.2024 21:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

02.03.2024 21:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

02.03.2024 19:56 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.