O Antagonista

STJ determina prisão domiciliar a mulher trans por falta de cela especial

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 06.02.2024 19:39 comentários
Brasil

STJ determina prisão domiciliar a mulher trans por falta de cela especial

O benefício havia sido revogado após decisão de primeira instância, com a determinação de que a mulher trans se apresentasse a um presídio de Criciúma

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 06.02.2024 19:39 comentários 0
STJ determina prisão domiciliar a mulher trans por falta de cela especial
Foto: Agência Brasil

A Sexta-Turma do STJ concedeu habeas corpus para garantir a uma mulher trans o direito de permanecer em prisão domiciliar por falta de celas especiais no interior de Santa Catarina.

O benefício havia sido revogado após decisão de primeira instância, com a determinação de que ela se apresentasse a um presídio de Criciúma destinado apenas a presos masculinos.

Segundo o STJ, a mulher cumpria pena em regime domiciliar em Criciúma, mas o juízo da execução penal de Florianópolis determinou que ela escolhesse entre retornar à capital – condição para manter a prisão domiciliar – ou permanecer em Criciúma. Caso ficasse no interior, a mulher trans deveria se apresentar voluntariamente ao presídio masculino.

No habeas corpus, a Defensoria Pública de Santa Catarina argumentou que a determinação de recolhimento da mulher trans para o presídio de Criciúma seria absolutamente ilegal, porque o local não teria celas separadas para pessoas transgênero e não ofereceria espaços de convivência específicos para indivíduos desse grupo.

Para o relator do habeas corpus, o desembargador convocado Jesuíno Rissato, o caso reflete a situação prisional de várias pessoas no Brasil, que, por ter uma sociedade estruturalmente “racista, misógina, homofóbica e transfóbica”, possui um sistema carcerário “violento e segregacionista”.

Segundo o relator, em um primeiro momento, a concessão da prisão domiciliar havia se baseado no argumento de que o presídio de Criciúma não tinha condições adequadas para receber a mulher trans; posteriormente, contudo, o juízo da execução penal revogou o benefício, mas não esclareceu de que forma a prisão passou a estar preparada para abrigá-la.

“Não parece crível que a unidade prisional que foi considerada inapta (de acordo com a primeira decisão) para receber pessoas LGBTQIA+, passado menos de dois meses, já esteja apta a recebê-las, o que, supostamente, justificaria a revogação do cumprimento da pena em regime domiciliar”, completou.

Mundo

Silvio Almeida acusa Israel de "apartheid" na ONU

26.02.2024 15:46 3 minutos de leitura
Visualizar

PSDB à deriva em São Paulo

Visualizar

"Estimativa de público tem caráter técnico", diz PM após ruídos

Visualizar

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

Visualizar

Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

Visualizar

Os reféns voluntários da polarização  

Carlos Graieb Visualizar

< Notícia Anterior

Visita de Harry a Rei Charles não deve causar reconciliação

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Piloto da Ferrari abre o jogo sobre chegada de Hamilton

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

PSDB à deriva em São Paulo

PSDB à deriva em São Paulo

26.02.2024 15:45 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
"Estimativa de público tem caráter técnico", diz PM após ruídos

"Estimativa de público tem caráter técnico", diz PM após ruídos

26.02.2024 15:36 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

26.02.2024 15:35 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

26.02.2024 15:34 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.