STF valida decreto de FHC e mantém demissão sem justa causa STF valida decreto de FHC e mantém demissão sem justa causa
O Antagonista

STF valida decreto de FHC e mantém demissão sem justa causa

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 27.05.2023 16:43 comentários
Brasil

STF valida decreto de FHC e mantém demissão sem justa causa

O Supremo Tribunal Federal formou maioria pela validade de um decreto assinado em 1996 pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso que, na...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 27.05.2023 16:43 comentários 0
STF valida decreto de FHC e mantém demissão sem justa causa
Foto: CNJ

O Supremo Tribunal Federal formou maioria pela validade de um decreto assinado em 1996 pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso que, na prática, permite aos empregadores demitirem funcionários sem apresentar justa causa. O placar final ficou 6 a 5 pela constitucionalidade do decreto.

O voto decisivo foi do ministro Kassio Nunes Marques, incluído na noite de sexta-feira (26) no plenário virtual da Corte.

O caso, que se arrastava na Justiça há quase 26 anos, trata da legalidade do decreto de FHC que cancelou a adesão do Brasil à Convenção 158 da Organização Internacional do Trabalho. Ela determina que um trabalhador não pode ser demitido sem uma “causa justificada” e que é preciso que o empregador aponte uma justificativa, que pode ser baseada no comportamento do trabalhador ou “nas necessidades de funcionamento da empresa”.

Nunes Marques seguiu o voto do ministro Teori Zavascki, em 2016, que optou pelo caminho do meio-termo. Ele declarou que a revogação de tratados internacionais por um ato isolado do presidente da República depende de autorização do Congresso. Zavascki, porém, votou no sentido de que a decisão teria efeito para o futuro, mantendo a eficácia das retiradas unilaterais realizadas antes disso.

Além de Nunes Marques, Gilmar Mendes e André Mendonça aderiram à tese do meio-termo. Deram validade ao decreto de FHC os ministros Nelson Jobim e Dias Toffoli.

Foram vencidos o relator, o ministro aposentado Mauricio Corrêa, além de Carlos Ayres Britto, Joaquim Barbosa, Rosa Weber e Ricardo Lewandowski.

Os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Roberto Barroso, Luiz Fux e Cármen Lúcia não votaram, já que ocupam cadeiras de ministros que já votaram e saíram.

Economia

Mercadante quer salvar Haddad com dividendos do BNDES

Rodrigo Oliveira
12.06.2024 15:47 2 minutos de leitura
Visualizar

CCJ da Câmara aprova PEC das Drogas

Wesley Oliveira Visualizar

Crusoé: Por que Putin mandou navios de guerra para Cuba

Visualizar

Ex-reféns e vizinhos confirmam “jornalista” como captor afiliado ao Hamas

Visualizar

Medel tem saída do Vasco confirmada por Pedrinho

Visualizar

Lula não tem pressa em sanear seu ministério

Carlos Graieb Visualizar

Tags relacionadas

André Mendonça demissão FHC Gilmar Mendes justa causa Kassio Nunes Marques STF
< Notícia Anterior

Educafro quer indenização de R$ 100 milhões do Google por ‘Simulador de Escravidão’

27.05.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

A influência dos lobbies no corte de impostos para carros populares

27.05.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

CCJ da Câmara aprova PEC das Drogas

CCJ da Câmara aprova PEC das Drogas

Wesley Oliveira
12.06.2024 15:39 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Auxílio-Gás: o segredo para o seu orçamento doméstico

Auxílio-Gás: o segredo para o seu orçamento doméstico

12.06.2024 15:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Castro aponta a Fachin “sucesso” de operação na Maré

Castro aponta a Fachin “sucesso” de operação na Maré

12.06.2024 14:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Carteira de Trabalho Digital: novo método para solicitar empréstimos consignados

Carteira de Trabalho Digital: novo método para solicitar empréstimos consignados

12.06.2024 14:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.