STF condena mais 15 pessoas pelos atos de 8 de janeiro STF condena mais 15 pessoas pelos atos de 8 de janeiro
O Antagonista

STF condena mais 15 pessoas pelos atos de 8 de janeiro

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 21.02.2024 11:14 comentários
Brasil

STF condena mais 15 pessoas pelos atos de 8 de janeiro

O número total de réus condenados pelo STF por esses atos chega a 86, com penas que variam de 3 a 17 anos de prisão

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 21.02.2024 11:14 comentários 0
STF condena mais 15 pessoas pelos atos de 8 de janeiro
Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) proferiu condenação a mais 15 réus acusados de participar dos atos golpistas ocorridos em 8 de janeiro do ano passado, quando as sedes dos Três Poderes foram invadidas e depredadas em Brasília.

Com essas novas condenações, o número total de réus condenados por esses atos chega a 86, com penas que variam de 3 a 17 anos de prisão.

Todos os julgamentos ocorreram no plenário virtual, em que os votos são depositados eletronicamente.

Decisão dos magistrados

A maioria dos ministros acompanhou o relator, ministro Alexandre de Moraes, que votou pela condenação dos cinco crimes denunciados pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Os ministros Luís Roberto Barroso, Nunes Marques e André Mendonça divergiram parcialmente, condenando os réus por um número menor de crimes.

No desfecho do julgamento, prevaleceram as penas propostas por Moraes, que variam de 12 a 17 anos de prisão. Todos os réus foram acusados pelos crimes de associação criminosa armada, dano qualificado, deterioração de patrimônio tombado, golpe de Estado e abolição violenta do Estado Democrático de Direito.

Assim como os demais condenados, esses 15 réus também foram sentenciados a pagar solidariamente uma multa de R$ 30 milhões por danos morais coletivos.

Condenados pelo 8 de janeiro

No total, foram instauradas 1.354 ações penais contra participantes dos atos, mas 1.113 foram suspensas para a PGR avaliar se vai propor acordos que evitem condenações.

As defesas dos acusados argumentaram, entre outros pontos, que os atos por si só não teriam eficácia para concretizar o crime de golpe de Estado. Além disso, afirmaram que os réus pretendiam participar de um ato pacífico e que não havia um contexto de crime multitudinário.

Os réus foram presos no Palácio do Planalto, no Plenário do Senado Federal e nas proximidades do Congresso Nacional.

As investigações contra autoridades omissas, financiadores e mentores intelectuais dos atos golpistas seguem em andamento. Nesta terça-feira (20), o Supremo tornou réus sete integrantes da antiga cúpula da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), todos acusados de omissão no caso.

A apuração desses possíveis envolvidos é fundamental para esclarecer todas as circunstâncias e responsabilidades relacionadas a esses atos antidemocráticos.

Esportes

Athletico-PR vence o Danubio pela Sul-Americana e segue 100%

24.04.2024 23:00 3 minutos de leitura
Visualizar

Botafogo vence o Universitario pela Libertadores com golaço de Luiz Henrique

Visualizar

Flamengo na Libertadores: Tite faz mudanças de última hora na escalação

Visualizar

O cinismo de André Janones sobre rachadinha

Visualizar

PC-RJ indicia suspeitos por assassinato de advogado a queima roupa

Visualizar

20 toneladas de queijo sao apreendidas em Minas Gerais

Visualizar

Tags relacionadas

8 de janeiro Alexandre de Moraes PGR réus STF
< Notícia Anterior

Marina vai ao Recife apoiar pré-candidatura do namorado de Fátima

21.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Onde assistir Souza x Cruzeiro: confira detalhes da partida!

21.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

PC-RJ indicia suspeitos por assassinato de advogado a queima roupa

PC-RJ indicia suspeitos por assassinato de advogado a queima roupa

24.04.2024 20:56 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
20 toneladas de queijo sao apreendidas em Minas Gerais

20 toneladas de queijo sao apreendidas em Minas Gerais

24.04.2024 20:51 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ludmilla ganha relógio de luxo de Brunna no aniversário de 29 Anos

Ludmilla ganha relógio de luxo de Brunna no aniversário de 29 Anos

24.04.2024 20:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Suposto sobrinho de Marcola, do PCC, teria sido preso em operação no SC

Suposto sobrinho de Marcola, do PCC, teria sido preso em operação no SC

24.04.2024 20:24 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.