Saque FGTS por calamidade: como acessar recursos no RS após tempestades Saque FGTS por calamidade: como acessar recursos no RS após tempestades
O Antagonista

Saque FGTS por calamidade: como acessar recursos no RS após tempestades

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 07.05.2024 10:30 comentários
Brasil

Saque FGTS por calamidade: como acessar recursos no RS após tempestades

Entenda as condições para saque do FGTS em situações de calamidade.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 07.05.2024 10:30 comentários 0
Saque FGTS por calamidade: como acessar recursos no RS após tempestades
Imagem: reprodução

A Caixa Econômica Federal divulgou a disponibilização do saque calamidade do FGTS para residentes afetados por eventos climáticos severos no Rio Grande do Sul.

Diante dos recentes temporais, o serviço visa auxiliar financeiramente os cidadãos em momentos de reconstrução e reestruturação.

Neste artigo, explicaremos o processo necessário para acessar esses recursos e os critérios que definem a elegibilidade para o saque.

O que caracteriza o saque calamidade do FGTS?

O saque calamidade é uma modalidade do FGTS que se torna acessível para trabalhadores que vivem em áreas onde foi decretado estado de emergência ou calamidade pública.

Esta medida emergencial destina-se a apoiar financeiramente os afetados diretamente pelas adversidades resultantes de desastres naturais.

A liberação do fundo está condicionada ao reconhecimento da situação de emergência por um decreto municipal e a subsequente validação por órgãos federais competentes.

Como proceder para realizar o saque em situações de calamidade?

Para que os residentes do Rio Grande do Sul possam realizar o saque calamidade do FGTS, é imprescindível que o município afetado formalize a situação de emergência ou calamidade.

Este reconhecimento deve ocorrer por meio de um decreto oficial, publicado até 30 dias após o evento climático.

Posteriormente, o decreto deve ser reconhecido por uma Portaria do Governo Federal, ratificando as condições adversas e a necessidade de liberação de fundos.

Quais são os passos específicos para acessar o FGTS nessa modalidade?

  1. Aguardar o decreto municipal de estado de emergência ou calamidade pública;
  2. Confirmar o reconhecimento federal do decreto através de uma Portaria;
  3. Apresentar à Caixa Econômica Federal a documentação comprovando residência na área afetada;
  4. Solicitar o saque do FGTS na agência mais próxima ou por meios digitais disponibilizados pelo banco.

Quais os documentos necessários?

Os interessados em realizar o saque calamidade devem dirigir-se à uma agência da Caixa Econômica Federal com documentos que comprovem sua residência na área afetada pelo desastre, tais como contas de consumo recentes e documento de identificação pessoal com foto.

A Caixa também disponibiliza atendimento por canais digitais onde é possível enviar a documentação requerida e efetuar a solicitação do saque de forma remota.

Impacto da medida para os afetados

A liberação do saque calamidade do FGTS representa um suporte essencial para milhares de famílias que enfrentam a difícil tarefa de reconstruir suas vidas após a ocorrência de desastres naturais.

Esta medida, além de mitigar os impactos econômicos imediatos, auxilia na recuperação da estabilidade financeira das famílias afetadas, possibilitando que estes recursos sejam destinados à reconstrução de moradias e à subsistência básica durante o período de recuperação.

Brasil

Seif é flagrado em jantar de ministros e ex-integrantes do TSE

Wilson Lima
23.05.2024 15:03 2 minutos de leitura
Visualizar

Senado aprova PL que cria espaço para comunidade LGBTQIA+ nos presídios

Visualizar

Um dos epicentros da tragédia no RS é alvo de disputa entre Lula e Bolsonaro

Visualizar

Lula sinaliza veto ao fim da isenção das blusinhas da Shein

Wesley Oliveira Visualizar

Sasha Meneghel lança sua própria marca de roupas: Mondepars

Visualizar

Cuca faz convite a Gabigol para jogar pelo Athletico-PR

Visualizar

Tags relacionadas

FGTS saque do FGTS
< Notícia Anterior

CCJ do Senado discute projeto do novo DPVAT

07.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Santos na série B: análise sobre a vitória contra o Guarani

07.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Seif é flagrado em jantar de ministros e ex-integrantes do TSE

Seif é flagrado em jantar de ministros e ex-integrantes do TSE

Wilson Lima
23.05.2024 15:03 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Senado aprova PL que cria espaço para comunidade LGBTQIA+ nos presídios

Senado aprova PL que cria espaço para comunidade LGBTQIA+ nos presídios

23.05.2024 15:01 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Um dos epicentros da tragédia no RS é alvo de disputa entre Lula e Bolsonaro

Um dos epicentros da tragédia no RS é alvo de disputa entre Lula e Bolsonaro

23.05.2024 14:42 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Lula sinaliza veto ao fim da isenção das blusinhas da Shein

Lula sinaliza veto ao fim da isenção das blusinhas da Shein

Wesley Oliveira
23.05.2024 14:38 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.