Projeto que ajusta repartição de ICMS para beneficiar municípios Projeto que ajusta repartição de ICMS para beneficiar municípios
O Antagonista

Projeto que ajusta repartição de ICMS para beneficiar municípios

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 28.03.2024 11:59 comentários
Brasil

Projeto que ajusta repartição de ICMS para beneficiar municípios

A proposta estabelece ainda que a entradas de mercadorias superiores às saídas será compensado nos anos posteriores em que for positivo

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 28.03.2024 11:59 comentários 0
Projeto que ajusta repartição de ICMS para beneficiar municípios
Fausto Pinato - Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou Projeto de Lei Complementar 158/22, que estabelece novas regras para o Valor Adicionado (VAF). A proposta ainda vai ser analisada no Plenário.

O VAF é o indicador utilizado pelos estados para calcular a parcela municipal na arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Em termos técnicos, o VAF é a diferença entre as saídas e entradas de mercadorias em cada estabelecimento contribuinte. Quanto maior a movimentação comercial das empresas de um município (mais saída), maior é o valor adicionado deste e, consequentemente, o montante a receber de ICMS.

A proposta aprovada estabelece que o VAF dos produtores rurais será calculado somente sobre o valor final de saída da produção primária, sem descontar o valor das entradas. A medida é inserida na Lei Complementar 63/90, que trata dos critérios de partilha dos impostos estaduais com os municípios.

A mudança visa evitar que os insumos entregues pela indústria para produtores parceiros que atuam em regime de produção integrada, como animais vivos, sejam debitados como entrada no cálculo do VAF, prejudicando os municípios onde eles vivem.

O PLP 158/22, do deputado Alceu Moreira (MDB-RS), recebeu parecer favorável do relator, deputado Fausto Pinato (PP-SP). Segundo Pinato, a medida aprovada corrige uma distorção.

Ele afirmou que hoje o fisco do Rio Grande do Sul, ao apurar o valor adicionado em cada município, considera as entradas dos animais vivos como débitos, deduzindo esse valor das saídas. “Isso afeta sobremaneira os pequenos municípios, retirando-lhes recursos”, disse Pinato. Apesar de a medida aprovada referir-se ao caso gaúcho, ela vale para todos os estados.

A proposta estabelece ainda que o VAF negativo das empresas (entradas de mercadorias superiores às saídas), quando destinado à formação de estoques, será compensado nos anos posteriores em que for positivo.

O relator disse que uma empresa em fase de instalação geralmente forma grandes estoques antes de dar vazão à sua produção. Isso gera VAF negativo, reduzindo a parcela municipal do ICMS.

Assim, o projeto propõe uma nova regra: sempre que uma pessoa jurídica tiver VAF negativo para formação de estoques, esse valor será considerado “zero” para fins do cálculo dos índices de repasse do ICMS, devendo ser deduzido nos exercícios financeiros seguintes em que o VAF da empresa for positivo.

*Com informações da Agência Câmara de Notícias

Entretenimento

Marlon Wayans declara seu amor pelo Brasil em postagem viral

12.04.2024 20:37 3 minutos de leitura
Visualizar

Romero Jucá: a volta dos que não foram

Visualizar

Ryan Gosling e a inesquecível apresentação no Oscar

Visualizar

Juventude apresenta dois reforços as vésperas do início do Brasileirão

Visualizar

Aumento na tarifa do metrô no Rio de Janeiro

Visualizar

Robert Santos conta por que deixou o Palmeiras pelo Atlético-MG

Visualizar

< Notícia Anterior

Concurso Câmara de Maceió-AL: salário inicial de R$ 5 mil

28.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Onde assistir Botafogo x Real Brasília pelo Brasileirão Feminino

28.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Aumento na tarifa do metrô no Rio de Janeiro

Aumento na tarifa do metrô no Rio de Janeiro

12.04.2024 20:21 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
PM é preso por esquema de tráfico na Cracolândia

PM é preso por esquema de tráfico na Cracolândia

12.04.2024 20:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Escola do DF denuncia racismo em campeonato

Escola do DF denuncia racismo em campeonato

12.04.2024 19:36 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
A teimosia de Lula

A teimosia de Lula

12.04.2024 19:33 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.