O Antagonista

Prisão de homem por tráfico ilegal de munições e armas no Pará: apreendidas mais de 2.000 unidades

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 10.02.2024 10:56 comentários
Brasil

Prisão de homem por tráfico ilegal de munições e armas no Pará: apreendidas mais de 2.000 unidades

Homem é preso por tráfico ilegal de munições e armas no Pará. Apreensão resulta em mais de 2.000 unidades

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 10.02.2024 10:56 comentários 0
Prisão de homem por tráfico ilegal de munições e armas no Pará: apreendidas mais de 2.000 unidades
Fonte: Ascom PC-PA

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil do Pará (PCPA) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), realizada nesta sexta-feira (9), culminou na prisão de um homem em Trairão, sudoeste do Pará. O suspeito era investigado por comercialização ilegal de munições e armas nas cidades de Trairão e Itaituba, ambas localizadas no sudoeste paraense.

Grande quantidade de munições encontradas

Durante a prisão em flagrante, os oficiais localizaram e apreenderam duas espingardas e uma quantidade significativa de munições, excedendo 2.000 cartuchos de vários calibres. A investigação que levou à apreensão do vasto material ilícito e à prisão do indivíduo foi liderada por equipes da PCPA e da PRF.

O homem foi conduzido à unidade policial de Trairão e encontra-se à disposição da justiça para os procedimentos cabíveis, de acordo com as especificidades e a legalidade do caso.

O perigo do comércio ilegal de munições e armas

A venda ilegal de munições e armas é um problema crítico e recorrente, com consequências potencialmente perigosas, particularmente nos casos em que o material ilegal é vendido para criminosos. Estas atividades ilegais contribuem para aumentar os índices de violência e criminalidade, impactando não apenas a segurança pública, mas também a sensação de segurança entre os cidadãos.

Os órgãos de segurança reforçam a importância das denúncias anônimas para combater este tipo de crime, pois através delas as forças de segurança podem tomar conhecimento e agir em casos de venda e posse ilegal de munição e armas.

Para a denúncia de qualquer atividade suspeita relacionada ao comércio ilegal de munições e armas, a população pode entrar em contato com a PCPA ou a PRF através dos telefones de emergência desses órgãos.

Combate constante ao tráfico ilegal de munições e armas

A Polícia Civil do Pará e a Polícia Rodoviária Federal continuam com o trabalho incansável de investigação e combate ao tráfico ilegal de munições e armas no estado. Procuram também reprimir outros delitos associados a essa atividade criminosa, como o tráfico de drogas e as atividades de organizações criminosas.

Esportes

Corinthians é eliminado do Paulistão após vitória da Inter de Limeira

02.03.2024 23:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Navalny: o sopro de liberdade que desafia Putin

Catarina Rochamonte Visualizar

Confira os adversários de Grêmio e Inter nas quartas de final do Gauchão

Visualizar

Augusto Melo confirma que dívida do Corinthians com Rojas é de R$ 8 milhões

Visualizar

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Visualizar

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Visualizar

Tags relacionadas

prisão tráfico de munições
< Notícia Anterior

Lionel Messi ausente em jogo na China: Cancelamento de jogos da Argentina gera polêmica

10.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Licença-Maternidade: novo benefício do INSS para Microempreendedoras Individuais

10.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

02.03.2024 21:41 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

02.03.2024 21:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

02.03.2024 21:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

02.03.2024 19:56 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.