Presidente do STM define o que é “ser de esquerda” Presidente do STM define o que é “ser de esquerda”
O Antagonista

Presidente do STM define o que é “ser de esquerda”

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 27.03.2024 12:54 comentários
Brasil

Presidente do STM define o que é “ser de esquerda”

"Para mim não existe o comunismo, no Brasil não existe", disse Francisco Joseli Parente Camelo, que atua desde o ano passado para distensionar relação entre militares e governo

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 27.03.2024 12:54 comentários 0
Presidente do STM define o que é “ser de esquerda”
Foto: Reprodução/ Band

O presidente do Superior Tribunal Militar (STM), Francisco Joseli Parente Camelo (foto), agitou as redes sociais nesta quarta-feira, 27, com comentários sobre a esquerda brasileira feitos durante entrevista à Band, veiculada na noite de terça, 26. A direita não gostou.

“Comunismo acabou. Para mim não existe o comunismo, no Brasil não existe. E outra coisa: o presidente Lula é um sindicalista. Eu não vejo o presidente Lula ou jamais o vi como um comunista. As pessoas têm uma mania de pensar que ser de esquerda é ser comunista, isso não existe”, comentou o tenente-brigadeiro.

Camelo tem atuado desde que chegou à presidência do STM, em março de 2023, para distensionar as relações entre os militares e o governo Lula. “Quando começa a desviar demais das suas funções, começa a haver interferências. Precisamos nos voltar para as atividades que nos são atribuídas pela Constituição: a defesa da pátria e da soberania”, afirmou no mês da posse em entrevista

“Ser de esquerda”

Na entrevista que foi ao ar na terça, ele se arriscou até a definir o que é ser “de esquerda”. E deu uma definição bem de… esquerda:

“Ser de esquerda, realmente… Ela quer um Brasil melhor, um Brasil mais solidário, um Brasil que pense no mais pobre, é tudo isso o que a esquerda pensa. Então, ser de esquerda não é ser comunista. E o comunismo, para mim, não existe no nosso país.”

Nem de esquerda e nem de direita

Apesar da definição generosa, Camelo disse que os militares não devem ser posicionar no espectro político.

“Nós militares não somos nem de esquerda e nem de direita, e nem temos partido. Nós queremos o melhor para o Brasil. Nós queremos é que a sociedade brasileira viva feliz como sempre foi. Queremos que a pacificação volte ao nosso país.”

Resumindo, todos querem o melhor para o Brasil ou um Brasil melhor. E o presidente do STM não quer problemas para ele.

Brasil

Homem é decapitado em hospital público de Fortaleza

23.04.2024 13:35 4 minutos de leitura
Visualizar

Crusoé: Na cabeça de Lula, Brasil é polo de resistência contra "extrema-direita"

Visualizar

Onde assistir Lazio x Juventus: confira detalhes da partida

Visualizar

Ex-funcionário ataca hospital e mata colega brutalmente em Fortaleza

Visualizar

Crusoé: Como presidente, Lula já passou 545 dias no exterior

Visualizar

A direita deixou de existir no Brasil?

Visualizar

Tags relacionadas

comunismo esquerda Francisco Joseli Parente Camelo STM
< Notícia Anterior

Espetacular meteoro ilumina Santa Maria

27.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Onde assistir Botafogo-PB e Bahia: confira detalhes da partida

27.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Homem é decapitado em hospital público de Fortaleza

Homem é decapitado em hospital público de Fortaleza

23.04.2024 13:35 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Na cabeça de Lula, Brasil é polo de resistência contra "extrema-direita"

Crusoé: Na cabeça de Lula, Brasil é polo de resistência contra "extrema-direita"

23.04.2024 13:32 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ex-funcionário ataca hospital e mata colega brutalmente em Fortaleza

Ex-funcionário ataca hospital e mata colega brutalmente em Fortaleza

23.04.2024 13:28 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Como presidente, Lula já passou 545 dias no exterior

Crusoé: Como presidente, Lula já passou 545 dias no exterior

23.04.2024 13:27 1 minuto de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.