Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente
O Antagonista

Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 24.05.2024 19:10 comentários
Brasil

Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente

Este episódio realça a necessidade contínua de avaliação e ajuste das estratégias de controle de enchentes.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 24.05.2024 19:10 comentários 0
Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente
Foto: Gustavo Mansur/ Palácio Piratini

Em resposta ao nova aumento do nível do Lago Guaíba, que chegou a 4,05 metros, ultrapassando a marca de inundação estipulada em 3 metros, a prefeitura de Porto Alegre tomou uma decisão controversa ao remover uma comporta no muro da Mauá, no Centro Histórico.

A remoção, feita no dia 17 de maio, tinha o objetivo de escoar a água das chuvas que saturava diversas ruas da cidade.

A medida, embora temporária, levanta discussões sobre sua eficácia e as consequências a longo prazo.

Opiniões técnicas sobre a remoção da comporta pela prefeitura de Porto Alegre

O professor Fernando Dornelles, especialista do Instituto de Pesquisas Hidráulicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, comentou que a estratégia de arrancar a comporta pode não ter sido a melhor opção.

Segundo ele, “Como a medida já foi tomada, agora será preciso torcer para a combinação de areia e cimento cumpra essa função“.

Este comentário aponta para a incerteza quanto à eficácia dos materiais utilizados para conter a água.

Precauções adicionais com outras comportas tomadas pela Prefeitura de Porto Alegre

Diante da iminente ameaça de mais inundações, o prefeito Sebastião Melo anunciou na quinta-feira, 23, o fechamento de cinco comportas que haviam sido abertas ou quebradas anteriormente.

A estratégia inclui o uso de sacos de areia e cimento, totalizando cerca de 80 sacos para cada uma das quatro comportas ainda funcionais, visando fortalecer essas barreiras e evitar uma nova invasão das águas do Guaíba.

O trabalho não apenas exige uma logística complexa, como também depende da pronta resposta e coordenação entre diversas agências e entidades envolvidas.

A cidade de Porto Alegre, conhecida por seus frequentes desafios relacionados a inundações, tenta mais uma vez adaptar-se e reforçar suas estratégias de gestão de crise hídrica.

Contribuição da comunidade na gestão da crise

O contraste entre o trabalho do governo e o voluntariado é notório.

Enquanto medidas técnicas são implementadas, diversos voluntários emergem como fundamentais no apoio às vítimas e na distribuição de recursos.

A resiliência da comunidade gaúcha destaca-se não só pela ação imediata, mas também pela solidariedade demonstrada em momentos críticos.

Este episódio mais recente em Porto Alegre realça a necessidade contínua de avaliação e ajuste das estratégias de controle de enchentes.

A participação efetiva da comunidade, juntamente com o respaldo técnico e decisões estratégicas, são essenciais para mitigar os danos e proteger eficazmente a população contra futuras adversidades climáticas.

Esportes

Eurocopa 2024: Inglaterra passa para as oitavas com susto

25.06.2024 18:12 2 minutos de leitura
Visualizar

Melhores cassinos com bonus no cadastro em 2024

Estúdio OÉ Visualizar

Crusoé: Livre do Ocidente, Assange voltará a ser peão de Putin

Visualizar

“Descriminalização só por meio de lei”, afirma Pacheco após decisão do STF

Visualizar

Piratas do caribe: reinício épico com Margot robbie e nova protagonista

Visualizar

António Oliveira segue exemplo no Palmeiras para revitalizar o Corinthians

Visualizar

Tags relacionadas

comportas Porto Alegre
< Notícia Anterior

INSS e sindicato unem forças: Novas mudanças para bancários

24.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

John Textor planeja vender o time Crystal Palace

24.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

“Descriminalização só por meio de lei”, afirma Pacheco após decisão do STF

“Descriminalização só por meio de lei”, afirma Pacheco após decisão do STF

25.06.2024 18:05 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Muita facção para poucos fiscais no Brasil

Muita facção para poucos fiscais no Brasil

25.06.2024 17:45 6 minutos de leitura
Visualizar notícia
STF descriminaliza maconha e dá 18 meses para o Congresso regulamentar tema

STF descriminaliza maconha e dá 18 meses para o Congresso regulamentar tema

25.06.2024 17:39 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Fux rebate Toffoli: "Brasil não tem governo de juízes"

Fux rebate Toffoli: "Brasil não tem governo de juízes"

25.06.2024 17:22 4 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.