O Antagonista

Pintor preso por estupro e assassinato brutal de fisioterapeuta em Rio Verde

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 01.02.2024 09:15 comentários
Brasil

Pintor preso por estupro e assassinato brutal de fisioterapeuta em Rio Verde

Pintor é preso em Rio Verde pelo estupro e assassinato de uma fisioterapeuta.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 01.02.2024 09:15 comentários 0
Pintor preso por estupro e assassinato brutal de fisioterapeuta em Rio Verde
Fonte: Reprodução/TV Anhanguera

Rio Verde (GO) – O pintor Jerfeson Erivaldo da Silva Nascimento, acusado do estupro e homicídio da fisioterapeuta Larissa Araújo, teve sua prisão preventiva mantida pela juíza Grymã Guerreiro Caetano Bento. Jerfeson foi preso em flagrante no mesmo dia em que o crime foi cometido.

Entenda o caso

De acordo com a acusação, Jerfeson pulou o muro da casa de Larissa, foi até o quarto em que ela dormia, amarrou-a pelos pés e mãos, a estuprou e, em seguida, a matou por estrangulamento. O crime ocorreu na madrugada de 2 de outubro de 2023.

A polícia acredita que Jefferson tenha entrado na casa da fisioterapeuta por volta das 4h da madrugada e saído do local às 6h. O que não passou despercebido, e que chamou a atenção das autoridades, foi que o pintor fugiu dirigindo o carro da vítima, onde o corpo de Larissa estava dentro do porta-malas.

Depois de assassinar e estuprar a jovem profissional de fisioterapia, o pintor roubou não só o carro de Larissa como levou itens da casa dela, entre eles um botijão de gás e uma televisão.

Acidente na fuga

Na tentativa de fuga para desovar o corpo, Jefferson capotou o carro na BR-060. Câmeras de segurança da região registraram o momento do acidente. O chocante vídeo mostra quando o corpo de Larissa é arremessado do carro, amarrado e enrolado em um lençol. O motorista sai correndo do local pela rodovia e entra em uma região de mata.

Foi neste momento que o ex-namorado da jovem fisioterapeuta, que chegou a ser ouvido, foi desconsiderado como suspeito do crime. Segundo o delegado Caio Martines, responsável pelo caso, Jefferson agiu sozinho e criou falsos álibis no decorrer da investigação para tentar se livrar do crime.

O acusado e a vítima

Jefferson é natural do Rio Grande do Norte e cumpriu pena pelos crimes de furto e roubo entre os anos de 2017 a 2023 no estado. Foi solto da sua última prisão em junho de 2023. Embora já tivesse sido pena em outras ocasiões, o suspeito havia recebido diversas advertências por mau comportamento durante o tempo em que esteve preso.

Larissa Araújo, nascida em agosto de 1998, era fisioterapeuta e trabalhava no Pronto Atendimento Pediátrico da Secretaria de Saúde de Rio Verde. Amava a sua profissão e era conhecida pela sua simplicidade e amor à vida. Seu corpo foi encontrado e identificado pelas digitais.

Brasil

Pacheco cogita desafiar STF para corrida sobre maconha

Wilson Lima
05.03.2024 07:12 3 minutos de leitura
Visualizar

Você pode ajudar a encontrar Cleusa, uma das desaparecidas do Brasil

Visualizar

Santa Rita do Sapucaí realiza ajustes após acordo com MPMG: Concurso público e fim de nepotismo

Visualizar

CPI da Braskem: uma investigação de quatro senadores

Visualizar

Flamengo tenta contratação de Maycon, do Corinthians

Visualizar

Abono Salarial PIS/Pasep: Tudo que Você Precisa Saber

Visualizar

Tags relacionadas

assassinato estupro pintor
< Notícia Anterior

Novo cargo de Cappelli no governo frustra o Republicanos

01.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Reajuste de 3,71% para aposentados e pensionistas do INSS em 2024: entenda como será

01.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Você pode ajudar a encontrar Cleusa, uma das desaparecidas do Brasil

Você pode ajudar a encontrar Cleusa, uma das desaparecidas do Brasil

05.03.2024 07:12 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
Pacheco cogita desafiar STF para corrida sobre maconha

Pacheco cogita desafiar STF para corrida sobre maconha

Wilson Lima
05.03.2024 07:12 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Santa Rita do Sapucaí realiza ajustes após acordo com MPMG: Concurso público e fim de nepotismo

Santa Rita do Sapucaí realiza ajustes após acordo com MPMG: Concurso público e fim de nepotismo

05.03.2024 07:07 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
CPI da Braskem: uma investigação de quatro senadores

CPI da Braskem: uma investigação de quatro senadores

05.03.2024 07:06 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.