PF vê crime de Bolsonaro por associar vacina contra Covid à Aids PF vê crime de Bolsonaro por associar vacina contra Covid à Aids
O Antagonista

PF vê crime de Bolsonaro por associar vacina contra Covid à Aids

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 28.12.2022 15:03 comentários
Brasil

PF vê crime de Bolsonaro por associar vacina contra Covid à Aids

A PF concluiu inquérito que investiga a disseminação de notícias falsas pelo presidente Jair Bolsonaro sobre a pandemia...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 28.12.2022 15:03 comentários 0
PF vê crime de Bolsonaro por associar vacina contra Covid à Aids
Reprodução

A PF concluiu inquérito que investiga a disseminação de notícias falsas pelo presidente Jair Bolsonaro sobre a pandemia.

O relatório final, enviado nesta terça-feira (27) ao STF, aponta a existência dos delitos de provocação de alarme anunciando perigo inexistente e incitação ao crime.

O inquérito foi aberto a pedido da CPI da Covid após live em que Bolsonaro associou falsamente o uso da vacina contra a Covid ao desenvolvimento do vírus da Aids.

Sem apresentar provas, o presidente disse que “relatórios oficiais do governo do Reino Unido sugerem que os totalmente vacinados […] estão desenvolvendo a Síndrome de Imonudeficiência Adquirida muito mais rápido que o previsto”.

Pelos mesmos crimes, a PF indiciou o ajudante de ordens do gabinete pessoal do presidente da República, tenente coronel do Exército Mauro Cid.

“Pelas razões acima expostas, finalizamos a presente investigação criminal concluindo-se pela existência de elementos probatórios concretos suficientes de autoria e materialidade para se atestar que JAIR MESSIAS BOLSONARO e MAURO CESAR BARBOSA CID, em concurso de pessoas, cometeram os delitos de ‘provocar alarma, anunciando desastre ou perigo inexistente, ou praticar qualquer ato capaz de produzir pânico ou tumulto’, previsto do art. 41 da Lei de Contravenções Penais, bem como de ‘incitação ao crime’, previsto no art. 286 do Código Penal Brasileiro”, concluiu a PF.

Bolsonaro só não foi indiciado porque possui foro privilegiado. O caso poderá ser enviado para conclusão na primeira instância, já que o presidente perderá o foro com o fim do mandato.

Mundo

Tempestade catastrófica em Moscou: Uma tragédia com mortes

20.06.2024 22:51 2 minutos de leitura
Visualizar

Suspeitos de roubo de Rolexa do "Dentista dos Famosos" são presos

Visualizar

Com gol nos acréscimos, Flamengo vence o Bahia e é líder do Brasileirão

Visualizar

São João em São Paulo: Guia completo para 2024

Visualizar

12 migrantes mortos são resgatados do mar pelo governo italiano

Visualizar

Cracolândia: Grades e operações policiais causam polêmicas

Visualizar

Tags relacionadas

Aids contravenção penal covid CPI da Covid incitação ao crime Jair Bolsonaro Mauro Cid PF STF vacina contra a covid
< Notícia Anterior

RETROSPECTIVA 2022 | MEC vira caso de polícia: ex-ministro é alvo de operação da PF

28.12.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

EUA: Suprema Corte mantém política de expulsão automática de imigrantes

28.12.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Suspeitos de roubo de Rolexa do "Dentista dos Famosos" são presos

Suspeitos de roubo de Rolexa do "Dentista dos Famosos" são presos

20.06.2024 22:37 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
São João em São Paulo: Guia completo para 2024

São João em São Paulo: Guia completo para 2024

20.06.2024 22:00 5 minutos de leitura
Visualizar notícia
Cracolândia: Grades e operações policiais causam polêmicas

Cracolândia: Grades e operações policiais causam polêmicas

20.06.2024 21:08 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
São João no Rio de Janeiro: descubra os melhores arraiais da cidade

São João no Rio de Janeiro: descubra os melhores arraiais da cidade

20.06.2024 20:52 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.