PF faz operação contra fraude em licitações no litoral de SP PF faz operação contra fraude em licitações no litoral de SP
O Antagonista

PF faz operação contra fraude em licitações no litoral de SP

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 24.10.2023 09:40 comentários
Brasil

PF faz operação contra fraude em licitações no litoral de SP

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 24, uma operação em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, para colher provas em uma investigação sobre suspeitas de fraudes em uma licitação de R$ 15,8 milhões para compra de merenda escolar...

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 24.10.2023 09:40 comentários 0
PF faz operação contra fraude em licitações no litoral de SP
Foto: Reprodução/Prefeitura de Ubatuba

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 24, uma operação em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, para colher provas em uma investigação sobre suspeitas de fraudes em uma licitação de R$ 15,8 milhões para compra de merenda escolar.

A ação conta com o cumprimento de mandados de busca e apreensão em 26 endereços, incluindo a prefeitura.

A Justiça Federal determinou o afastamento de sete funcionários públicos, que estão proibidos de frequentar a prefeitura e outras dependências municipais. Além disso, empresários também estão sendo investigados.

No inquérito aberto em março, a PF afirma ter encontrado indícios de direcionamento da licitação para favorecer duas empresas, bem como irregularidades na execução do contrato. Uma empresa da família da ex-prefeita, Flávia Pascoal (PL), teria sido subcontratada para fornecer pães. Flávia foi cassada em maio.

A operação mobilizou 110 policiais federais. Durante as buscas, documentos, armas e dinheiro foram apreendidos. A Secretaria Municipal de Educação também foi alvo das investigações.

Os investigados podem responder pelos crimes de fraude no processo de licitação e associação criminosa. Em caso de condenação, as penas podem chegar a 14 anos de prisão.

A prefeitura de Ubatuba emitiu uma nota dizendo estar colaborando com as diligências e fornecendo acesso e documentos, físicos e digitais, solicitados pelo órgão.

Eis a nota da prefeitura:

“O prefeito Márcio Maciel (MDB) está acompanhando a PF desde cedo no paço municipal, colaborando com as diligências e fornecendo acesso e documentos, físicos e digitais, solicitados pelo órgão. A PF visitou, ainda, a sede da Secretaria de Educação, que é a pasta diretamente envolvida com as investigações.

Com a quebra de sigilo, os policiais estão recolhendo possíveis provas, como anotações, livros em geral, notas fiscais e demais provas relacionadas às fraudes e desvios anteriormente apontados, bem como telefones celulares, computadores pessoais, equipamentos eletrônicos de armazenamento de dados, além de informações salvas na nuvem.

Além da ex-prefeita, mais seis funcionários foram afastados de suas funções públicas e proibidos de acessar e frequentar todos os equipamentos da Prefeitura, como suas Secretarias, Fundações, Autarquias e repartições.

A investigação teve início em março de 2023 e indicou possível favorecimento em processo licitatório que teria beneficiado duas empresas contratadas pela Prefeitura. O contrato foi realizado via pregão eletrônico, com valor total de R$ 15.853.247,00, destinado ao fornecimento de itens que fazem parte da alimentação escolar da Rede Municipal de Ensino.”

Esportes

VITÓRIA X INTERNACIONAL: confira os horários e onde assistir ao jogo 

16.06.2024 13:00 2 minutos de leitura
Visualizar

R. Kelly e os escândalos com pornografia infantil

Visualizar

ESLOVÊNIA X DINAMARCA: confira os horários e onde assistir ao jogo da Eurocopa

Visualizar

Henry Cavill, ator de super-homem, pede dicas de paternidade

Visualizar

Saiba qual o nome de rua mais comum no Brasil

Visualizar

Brasil e Moçambique unem-se para biocombustíveis

Visualizar

Tags relacionadas

fraude a licitação merenda escolar Operação PF Polícia Federal Ubatuba
< Notícia Anterior

Crusoé: “Cid Gomes defende que PDT não seja ‘puxadinho’ do PT em Fortaleza”

24.10.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

“Passei pelo inferno”, diz refém israelense libertada pelo Hamas

24.10.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Saiba qual o nome de rua mais comum no Brasil

Saiba qual o nome de rua mais comum no Brasil

16.06.2024 12:35 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Governo do DF investiga denúncia de agressão a preso do 8/1

Governo do DF investiga denúncia de agressão a preso do 8/1

16.06.2024 12:16 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Imposto de Renda 2024: saiba tudo sobre a restituição dos seus tributos

Imposto de Renda 2024: saiba tudo sobre a restituição dos seus tributos

16.06.2024 12:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Concurso Câmara de Palmares: salários de até R$ 3.2 mil

Concurso Câmara de Palmares: salários de até R$ 3.2 mil

16.06.2024 11:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.