O Antagonista

PF deflagra operação para investigar invasão no perfil de Janja

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 14.12.2023 10:42 comentários
Brasil

PF deflagra operação para investigar invasão no perfil de Janja

A Polícia Federal realizou, do dia 12 até hoje, 14, a operação X1, com o objetivo de investigar crimes cometidos na internet. A ação foca principalmente na invasão do perfil, no X, antigo Twitter, da primeira-dama, Janja, além de crimes de ódio relacionados, como postagens ofensivas contra autoridades públicas federais...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 14.12.2023 10:42 comentários 0
PF deflagra operação para investigar invasão no perfil de Janja
Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

A Polícia Federal realizou, do dia 12 até hoje, 14, a operação X1 com o objetivo de investigar crimes cometidos na internet. A ação foca principalmente na invasão do perfil, no X, antigo Twitter, da primeira-dama, Janja, além de crimes de ódio relacionados, como postagens ofensivas contra autoridades públicas federais.

Durante a operação, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão em diferentes locais. Dois mandados foram executados no Distrito Federal e outros quatro em Minas Gerais. Essas medidas visam avançar nas investigações para identificar os responsáveis pelos crimes e reunir provas concretas. Os mandados foram expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Durante as apurações, foi constatado que os possíveis envolvidos também possuíam perfis e postagens na plataforma Discord, onde participavam de grupos que trocavam mensagens misóginas e extremistas.

Os crimes em questão são difamação e invasão de dispositivo informático.

O Palácio do Planalto anunciou, nesta quarta-feira, 13, que a plataforma X conseguiu recuperar a conta da primeira-dama, Janja, após um ataque hacker. Segundo o governo, o acesso foi restabelecido seguindo os procedimentos padrão de segurança.

De acordo com informações oficiais, Janja entrou em contato com a equipe do X por telefone para relatar o ocorrido e solicitar a suspensão da conta. O processo de congelamento da conta levou cerca de uma hora e meia para ser concluído. Durante esse período, mensagens misóginas e violentas foram publicadas em nome da primeira-dama.

O governo ressaltou que, mesmo após a recuperação da conta, foi necessário um tempo adicional de mais de doze horas para remover todas as mensagens ofensivas que já haviam sido compartilhadas por terceiros.

Para auxiliar nesse processo, a Polícia Federal esteve presente no Palácio do Planalto, oferecendo suporte na preservação das evidências e investigação do caso.

Advocacia Geral da União (AGU) também está envolvida no caso e já notificou a plataforma X para tomar as devidas providências.

Segundo o governo, a exibição de conteúdo que atentou contra a honra do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), poderá resultar em processos judiciais contra a empresa responsável pela plataforma.

Mais Lidas

1

MBL na mira da PF

Visualizar notícia
2

Nem o Nordeste está a fim de Lula

Visualizar notícia
3

Maduro adere à narrativa bolsonarista sobre urnas brasileiras

Visualizar notícia
4

Tubarões testam positivo para cocaína no Rio

Visualizar notícia
5

Até o Black Lives Matter criticou escolha de Kamala Harris: "Partido de hipócritas"

Visualizar notícia
6

Apoio de Lula tira votos de Paes, indica pesquisa

Visualizar notícia
7

A maior preocupação de Tarcísio com o PCC

Visualizar notícia
8

“Governo federal é amigo de narcopresidentes”, diz secretário de Justiça de MG

Visualizar notícia
9

Aécio e Perillo tentam convencer Datena a não ‘datenar’

Visualizar notícia
10

Crusoé: Assessora de Mercadante no BNDES chega à Venezuela

Visualizar notícia

Assine nossa newsletter

Inscreva-se e receba o conteúdo do O Antagonista em primeira mão!

Tags relacionadas

AGU Alexandre de Moraes ataque hacker Janja Lula Palácio do Planalto Polícia Federal X (antigo Twitter)
< Notícia Anterior

Está tudo dominado (por PCC e CV)

14.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Antes de tomar posse no STF, Dino quer discursar no Senado

14.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Lewandowski sai em defesa da PEC do SUS da Segurança Pública

Lewandowski sai em defesa da PEC do SUS da Segurança Pública

24.07.2024 14:31 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Emergência ambiental no Acre

Emergência ambiental no Acre

24.07.2024 14:25 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Governo aciona STJ contra greve do INSS

Governo aciona STJ contra greve do INSS

24.07.2024 14:16 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
“Tentativa de calar a oposição”, diz líder do MBL sobre inquérito da PF

“Tentativa de calar a oposição”, diz líder do MBL sobre inquérito da PF

24.07.2024 13:45 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.