Pacheco marca sessão do Congresso para analisar vetos de Lula Pacheco marca sessão do Congresso para analisar vetos de Lula
O Antagonista

Pacheco marca sessão do Congresso para analisar vetos de Lula

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 08.04.2024 15:26 comentários
Brasil

Pacheco marca sessão do Congresso para analisar vetos de Lula

Entre outros pontos, deputados e senadores devem votar, por exemplo, os vetos do petista ao Orçamento deste ano

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 08.04.2024 15:26 comentários 0
Pacheco marca sessão do Congresso para analisar vetos de Lula
Presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco | Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

O senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG) marcou para 18 de abril a sessão do Congresso Nacional para analisar os vetos do presidente Lula (PT). Entre outros pontos, deputados e senadores devem votar, por exemplo, os vetos do petista ao Orçamento deste ano.

“Até o dia 18 de abril caberá ao líder do governo no Congresso, juntamente com os líderes partidários, fazer um alinhamento de pauta e buscar ter o consenso necessário pra que tenhamos uma sessão tranquila no Congresso”, disse Pacheco nesta segunda-feira, 8.

O presidente do Congresso se reuniu com líderes do governo e com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, para alinhar as pautas de votação de interesse do Executivo. O Palácio do Planalto tenta manter, por exemplo, o veto aos mais de R$ 5 bilhões das emendas parlamentares.

Os vetos do petista desagradou parlamentares do Centrão, mas Pacheco segurou a sessão do Congresso para dar tempo ao governo de negociar junto aos parlamentares. Na semana passada, o deputado federal Danilo Forte (União Brasil-CE), que foi relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2024, afirmou que o governo federal estuda fazer uma proposta de suplementação orçamentária para garantir os recursos vetados.

“Já há uma ideia de suplementar a Lei Orçamentária Anual, a LOA, no que diz respeito àqueles R$ 5,6 bilhões que ficaram pendentes entre a proposta orçamentária aprovada no Congresso Nacional no final do ano passado e os vetos que foram feitos na LOA deste ano”, afirmou Forte.

A ideia do governo surge após o Ministério do Planejamento ter divulgado o detalhamento do bloqueio de R$ 2,9 bilhões no Orçamento federal. O bloqueio foi necessário porque a projeção de despesas para o ano, após a primeira revisão bimestral, ficou acima do permitido pelo novo arcabouço fiscal.

“O governo está querendo fazer uma contrapartida suplementando, principalmente, aqueles ministérios que ficaram sem verba de investimento. Esse contingenciamento foi superado e o que houve foi um bloqueio de R$ 2,9 bilhões”, disse Forte.

Brasil

CBA anuncia distrato do contrato de venda da Niquelândia

21.06.2024 10:39 2 minutos de leitura
Visualizar

Imposto de Renda: uma surpresa bilhões para os brasileiros

Visualizar

Príncipe William completa 42 anos com fotos da Família

Visualizar

Moraes vota para condenar homem que quebrou relógio no 8/1

Visualizar

Crusoé: O estranho acordo de R$ 600 milhões do Banco do Brasil

Visualizar

Belarus inicia exercício militar em fronteira com Ucrânia

Visualizar

Tags relacionadas

acordo orçamento pacheco presidente Lula vetos presidenciais
< Notícia Anterior

Continuidade de Larcamón no Cruzeiro será decidida nessa 2°feira

08.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Para Ibama, Bolsonaro importunou baleia

08.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

CBA anuncia distrato do contrato de venda da Niquelândia

CBA anuncia distrato do contrato de venda da Niquelândia

21.06.2024 10:39 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Imposto de Renda: uma surpresa bilhões para os brasileiros

Imposto de Renda: uma surpresa bilhões para os brasileiros

21.06.2024 10:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Moraes vota para condenar homem que quebrou relógio no 8/1

Moraes vota para condenar homem que quebrou relógio no 8/1

21.06.2024 10:23 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: O estranho acordo de R$ 600 milhões do Banco do Brasil

Crusoé: O estranho acordo de R$ 600 milhões do Banco do Brasil

21.06.2024 10:13 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.