Os desafios do acesso à justiça no Brasil Os desafios do acesso à justiça no Brasil
O Antagonista

Os desafios do acesso à justiça no Brasil

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 06.01.2024 10:50 comentários
Brasil

Os desafios do acesso à justiça no Brasil

De acordo com a DPU, o Brasil possui 140 advogados para cada brasileiros e um defensor público para cada 290 mil habitantes.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 06.01.2024 10:50 comentários 0
Os desafios do acesso à justiça no Brasil
Os desafios do acesso a justiça no Brasil

O Brasil detém o título de país com a maior proporção de advogados no mundo, com um profissional para cada 140 habitantes, contudo, quase 50 milhões de brasileiros não têm acesso à assistência jurídica fornecida pela Defensoria Pública da União (DPU), ou seja, pela própria justiça brasileira.

A barreira para o acesso à justiça tem diversas origens, em especial a falta de escolaridade, baixa renda da população e uma estrutura pública insuficiente.

Quem define a DPU como público-alvo

Os principais afetados por essa limitação são os brasileiros de maior vulnerabilidade econômica cuja renda familiar não ultrapassa três salários-mínimos, impossibilitando a contratação de advogados particulares.

Nesse cenário, emerge o papel primordial da DPU, direcionada a esse segmento da população.

A situação da pobreza no Brasil

Dados de 2022 indicam que, no Brasil, quase um terço da população vivia em condições de pobreza, o que corresponde a, aproximadamente, 67,8 milhões de pessoas.

Dentro desse cenário, havia 12,7 milhões em extrema pobreza.  Com efeito, estas estatísticas acabam por refletir no acesso à Justiça.

Desigualdade na distribuição de defensores públicos

O Brasil possui atualmente uma proporção de um defensor público para cada 290 mil habitantes.

Contudo, essa distribuição não é equitativa, uma vez que só existe representação da defensoria federal em 27% dos municípios em que há subseções da Justiça Federal.

O valor orçamentário da DPU

Outra dificuldade encontrada pela DPU no cumprimento de suas funções é o orçamento anual, de R$ 670 milhões.

Esse valor é muito abaixo do orçamento dos principais times de futebol da Série A do Campeonato Brasileiro, e bem distante das verbas de órgãos como o Ministério Público Federal e a Justiça Federal.

Iniciativas para simplificação da linguagem e entendimento das leis

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em parceria com o Supremo Tribunal Federal (STF), lançou o “pacto pela linguagem simples” para que todos os tribunais eliminem o “juridiquês”, tentando tornar a linguagem das leis mais compreensível para a população em geral.

O papel das ONGs no acesso à Justiça

Entidades do terceiro setor, como ONGs e projetos sociais, têm mostrado seu valor ao auxiliar de maneira gratuita aqueles que não conseguem ter acesso à Justiça, funcionando como uma espécie de complemento à assistência jurídica oficial.

Em um país com mais de 650 mil pessoas privadas de liberdade, sendo 40% delas presas preventivamente, o caminho para uma plena democratização do acesso à Justiça ainda é longo no Brasil.

É necessário um investimento contínuo na ampliação e na melhoria dos serviços prestados pela Defensoria Pública da União, além de um esforço maior na educação e informação da população acerca de seus direitos e sobre o funcionamento do sistema jurídico do país

Mundo

Filipinas e a acusação de ataque da China

23.06.2024 16:00 3 minutos de leitura
Visualizar

Morre Ronald d'Os Vips: Lenda da Jovem Guarda

Visualizar

Mais pessoas morrem em enchentes na Suiça

Visualizar

Ataque em igreja e sinagoga deixa 7 mortos no Daguestão

Visualizar

Por que o Palmeiras está vendendo os talentos da base?

Visualizar

Descubra o segredo dos estádios menores para a Copa América 2024

Visualizar

Tags relacionadas

Acesso à Justiça advocacia pública
< Notícia Anterior

Vídeo: avião faz pouso de emergência nos EUA após perder janela

06.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Forças de Israel invadem casa de comandante do Hamas

06.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

A guerra entre facções criminosas no Ceará

A guerra entre facções criminosas no Ceará

23.06.2024 14:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Brasil em estado de emergência habitacional

Brasil em estado de emergência habitacional

23.06.2024 14:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
São Paulo passa por onda extrema de seca

São Paulo passa por onda extrema de seca

23.06.2024 14:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
PF desmantela quadrilha de tráfico de animais silvestres online

PF desmantela quadrilha de tráfico de animais silvestres online

23.06.2024 13:55 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.