O Antagonista

O post “equivocado e mal escrito” de Boulos

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.02.2024 15:18 comentários
Brasil

O post “equivocado e mal escrito” de Boulos

Deputado federal divulgou vídeo para explicar postagem no X de 2018, em que reclamava de "vacinação infantil obrigatória"

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.02.2024 15:18 comentários 3
O post “equivocado e mal escrito” de Boulos
Foto: Reprodução/ X

O deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP, foto) divulgou um video na noite de terça-feira, 6, para explicar uma postagem de 2018 na qual critica a obrigatoriedade de vacinas para crianças. Segundo o pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, o post é “equivocado” e “mal escrito”.

A postagem recuperada por críticos do deputado dizia o seguinte:

“Governo Temer considera tornar vacinação infantil obrigatória, ideia absurda que resultou em uma revolta popular no século passado. Precisamos revogar a EC95, garantir abastecimento de vacinas e horários expandidos nas unidades de saúde e ampliar as campanhas de vacinação”.

A explicação

Boulos diz na mensagem em vídeo divulgada agora que sua postagem “não deixava clara a necessária diferenciação entre o que é vacinação à força, que é uma coisa, e a outra, que são medidas condicionantes vinculadas à aplicação de vacina”.

“Para que não tenha nenhuma dúvida, e minha posição na pandemia sempre deixou claro, eu sou a favor da vacinação, sou a favor da apresentação de comprovante de vacina para matrícula nas escolas”, explicou-se Boulos.

O deputado criticava em 2018 a proposta do então presidente Michel Temer de tornar a carteirinha nacional de imunização um requisito para matricular crianças em escolas, numa tentativa de melhorar os índices de vacinação, em queda na época.

Colou?

Agora, Boulos diz que a crítica se justificava porque o Brasil enfrentava uma “redução dramática das taxas de cobertura vacinal infantil vinculada à queda nos investimentos em saúde” e “o governo Temer, no entanto, insistia numa política de sucateamento do SUS enquanto tentava transferir integralmente a responsabilidade para as famílias”.

Essa explicação adicional não está no vídeo publicado pelo pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, mas em declaração ao jornal Folha de S.Paulo.

Pegou a sutileza? Nem nós.

Leia mais:

“Mentiroso, dissimulado”, diz Nunes sobre Boulos

Um rolê de “Celtinha” em “Martalândia”

Esportes

Estátua de Daniel Alves é vandalizada em Juazeiro, sua cidade natal

28.02.2024 22:00 2 minutos de leitura
Visualizar

A "epidemia geral" de Barroso

Visualizar

Flamengo considera vender Gabigol para lucrar com o atacante

Visualizar

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Visualizar

Atacante Yuri Alberto visita crianças com câncer no GACC

Visualizar

Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

Visualizar

Tags relacionadas

eleições 2024 Guilherme Boulos vacinação
< Notícia Anterior

Toffoli deixa J&F e Odebrecht à vontade

07.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Gilmar Mendes na torcida contra PEC que limita mandatos no STF

07.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (3)

AEC

2024-02-07 17:59:51

Enrolão!!!


Jorge Alberto da Cunha Rodrigues

2024-02-07 16:02:06

Como Boulos não é bolsonarista e, principalmente, é grande aliado do corrupto Lula, ele não será importunado pela imprensa amiga (Globo, Folha e muitos outros).


Gustavo Nascimento

2024-02-07 15:34:14

Ele só correu atrás do rabo..


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

A "epidemia geral" de Barroso

A "epidemia geral" de Barroso

28.02.2024 21:15 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

28.02.2024 20:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

28.02.2024 20:16 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
STF vai decidir futuro da Uber no Brasil

STF vai decidir futuro da Uber no Brasil

28.02.2024 19:52 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.