O fator Tabata na campanha de Boulos O fator Tabata na campanha de Boulos
O Antagonista

O fator Tabata na campanha de Boulos

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 24.04.2024 16:57 comentários
Brasil

O fator Tabata na campanha de Boulos

Pesquisa AtlasIntel desta quarta-feira, 24 de abril, sobre as eleições municipais em São Paulo aponta empate técnico entre Boulos e Nunes

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 24.04.2024 16:57 comentários 0
O fator Tabata na campanha de Boulos
Deputada Tabata Amaral | Foto: Mario Agra / Câmara dos Deputados

Pesquisa AtlasIntel desta quarta-feira, 24 de abril, sobre as eleições municipais em São Paulo aponta empate técnico entre os pré-candidatos do PSOL, o deputado Guilherme Boulos, e do MDB, o prefeito Ricardo Nunes.

Boulos tem 35,6% das intenções de voto, enquanto Nunes tem 33,7%. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

A AtlasIntel entrevistou 1.629 moradores de São Paulo entre 18 e 22 de abril.

Em resposta a uma postagem no X, antigo Twitter, nesta quarta, o CEO do instituto, Andrei Roman, afirmou que o eleitorado da pré-candidata Tabata Amaral (PSB) pode ser decisivo em um eventual segundo turno entre Boulos e Nunes.

“Vai depender bastante da estratégia do Boulos em relação à campanha da Tabata, que está numa trajetória ascendente”, publicou Roman. Hoje, a pré-candidata do PSB está em terceiro, com 14,7% das intenções de voto. Em dezembro, ela tinha apenas 6,2%.

“De um lado, Boulos vai querer conter o crescimento da Tabata; do outro, se fazer isso de forma agressiva, vai acabar alienando o eleitorado dela”, acrescentou.

Frente ampla contra Boulos

Dirigentes e representantes de dez partidos materializaram na noite desta segunda-feira, 22, uma frente ampla em apoio à reeleição do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) e contra o deputado federal Guilherme Boulos (Psol-SP).

O encontro ocorreu na casa do ex-senador Luiz Pastore, nos Jardins, região nobre da capital paulista. Além do candidato à reeleição, estiveram presentes nomes como o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, a presidente nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu (Podemos-SP), o ex-ministro Fábio Wajngarten, advogado de Jair Bolsonaro (PL), e o presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite (União Brasil).

Os partidos representados no encontro foram: MDB, PL, Republicanos, Podemos, União Brasil, PSDB, PSD, Solidariedade, Avante e PRD.

PP e Cidadania, que também integram o grupo, não estavam presentes no jantar.

Ao jornal Folha de S.Paulo, o prefeito Ricardo Nunes disse que “a frente ampla foi formada”.

“Estou bem contente com o apoio, mostrando que o diálogo, o trabalho e os resultados estão sendo reconhecidos. Não tem no país uma pré-candidatura nas capitais com tanto apoio”, acrescentou o prefeito.

Boulos e Nunes disputam termo “frente ampla”

Além da prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos e Ricardo Nunes também disputam o termo “frente ampla”.

“Nós temos é que trazer essa frente ampla democrática para derrotar os extremistas, para derrotar os autoritários”, disse Boulos em ato realizado em 2 de fevereiro.

“A gente tem uma frente ampla, uma verdadeira frente ampla no processo eleitoral com várias forças políticas e vários partidos”, afirmou o emedebista um dia antes, em evento na zona leste de São Paulo.

Embora tente replicar a estratégia utilizada por Lula contra Jair Bolsonaro em 2022, o pré-candidato do Psol não conseguiu atrair o apoio de partidos que não são de esquerda.

O grupo pró-Ricardo Nunes, por sua vez, soma 12 partidos, mais de 350 deputados federais e 11 ministros no governo Lula.

Mundo

Crusoé: Congresso dos EUA discute sanções contra TPI

21.05.2024 14:39 2 minutos de leitura
Visualizar

Crusoé: A desculpa de Jerônimo para a criminalidade na Bahia

Visualizar

Hulk podia estar na Europa, mas seu destino era no Atlético-MG

Visualizar

Europa regulamenta inteligência artificial

Visualizar

Geleira do Juízo Final ameaça elevar o nível do mar

Visualizar

Mudanças climáticas podem tornar turbulências mais comuns

Visualizar

Tags relacionadas

Guilherme Boulos Tabata Amaral
< Notícia Anterior

Preso jovem islâmico que planejava um atentado nas Olimpíadas

24.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Vulcão em erupção

24.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Crusoé: A desculpa de Jerônimo para a criminalidade na Bahia

Crusoé: A desculpa de Jerônimo para a criminalidade na Bahia

21.05.2024 14:32 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
PF combate fraudes no Enem em Marabá

PF combate fraudes no Enem em Marabá

21.05.2024 13:29 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

21.05.2024 13:07 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

21.05.2024 13:04 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.