O Antagonista

Mulher é acusada de homofobia em São Paulo, veja vídeo

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 06.02.2024 20:53 comentários
Brasil

Mulher é acusada de homofobia em São Paulo, veja vídeo

Casal gay sofre agressão homofóbica em padaria em São Paulo. O incidente chocou a comunidade e levanta questões sobre a homofobia no Brasil.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 06.02.2024 20:53 comentários 0
Mulher é acusada de homofobia em São Paulo, veja vídeo
Fonte: Reprodução/Redes sociais

Um casal gay recentemente sofreu ataques físicos e verbais de uma mulher em uma padaria na cidade de São Paulo. O incidente foi parcialmente gravado e mais tarde compartilhado nas redes sociais, trazendo à tona a questão da agressão homofóbica no Brasil.

Ataque flagrado

As imagens postadas nas redes sociais mostram a mulher extremamente alterada, dirigindo ofensas homofóbicas ao casal. Ela pode ser ouvida dizendo: “Você está alterada. Tá maluca, porr*? Por que você está alterada? A gente só queria estacionar o carro”.

Depois de os insultar, a agressora continua atacando as vítimas com a expressão os chamando de “viados”. Além disso, ela zomba deles quando o casal decide ligar para a polícia: “Tirei sangue seu foi pouco. E os valores estão sendo invertidos. Eu sou de família tradicional. Eu sou branca. Olha a hipocrisia. O mimimi, chama a polícia. Vamos ver quem vai preso aqui“, disse ela, irônica.

Repercussão nas redes sociais

No Facebook, uma das vítimas, identificada como Rafael Gonzaga, faz um relato emocionado sobre o incidente. Ele conta que ele e seu namorado foram agredidos publicamente, devido à sua orientação sexual: “Passar pela situação de ser agredido e ofendido aos gritos publicamente em função da orientação sexual é algo repulsivo, primitivo, desumano. Não sabemos quem é essa mulher. Queremos justiça e peço a ajuda de todos“.

Resposta da padaria

A padaria onde ocorreu o incidente emitiu um comunicado, no qual expressou seu profundo arrependimento pelo acontecido. A nota divulgada afirmava que a empresa “repudia veementemente qualquer forma de discriminação e desrespeito” e que “qualquer tipo de intolerância não será aceita em nossas dependências”. A empresa também se comprometeu a auxiliar as autoridades policiais em qualquer investigação sobre o incidente.

.

Brasil

Quem falou à PF e quem calou sobre a trama golpista

23.02.2024 08:18 2 minutos de leitura
Visualizar

Crusoé: Lula contra o mundo livre

Visualizar

Recopa: Fluminense leva gol no fim e perde 1° jogo da final para a LDU

Visualizar

Incêndio de grandes proporções destrói lojas em São Luís

Visualizar

Rússia amplia e moderniza suas forças nucleares estratégicas

Visualizar

Alerta climático: Previsão de temporais para o Brasil hoje

Visualizar

Tags relacionadas

agressão homofobia
< Notícia Anterior

Guardas Civis são encontrados mortos em casa na capital paulista

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Atriz indiana finge própria morte em campanha

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Quem falou à PF e quem calou sobre a trama golpista

Quem falou à PF e quem calou sobre a trama golpista

23.02.2024 08:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Lula contra o mundo livre

Crusoé: Lula contra o mundo livre

23.02.2024 08:02 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Incêndio de grandes proporções destrói lojas em São Luís

Incêndio de grandes proporções destrói lojas em São Luís

23.02.2024 07:56 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Alerta climático: Previsão de temporais para o Brasil hoje

Alerta climático: Previsão de temporais para o Brasil hoje

23.02.2024 07:34 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.