MPF pede cassação de Castro, vice e presidente da Alerj MPF pede cassação de Castro, vice e presidente da Alerj
O Antagonista

MPF pede cassação de Castro, vice e presidente da Alerj

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.05.2024 07:44 comentários
Brasil

MPF pede cassação de Castro, vice e presidente da Alerj

A cúpula do governo do Rio de Janeiro é investigada por possíveis desvios no Ceperj e na Uerj, em 2022

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.05.2024 07:44 comentários 0
MPF pede cassação de Castro, vice e presidente da Alerj
Foto: Flickr Gov. RJ

A Procuradoria Eleitoral do Ministério Público Federal (MPF) pediu nesta segunda-feira, 6, a cassação do governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), do vice, Thiago Pampolha (MDB), e do presidente da Assembleia Legislativa do estado (Alerj), Rodrigo Bacellar (União Brasil). A cúpula do governo do Rio é investigada por possíveis desvios no Centro Estadual de Estatística, Pesquisa e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (Ceperj) e na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), em 2022.

No documento, os procuradores regionais eleitorais Neide Cardoso e Flávio Paixão afirmam que os acusados praticaram “ilícitos eleitorais de abuso de poder político, econômico e condutas vedadas (…), a fim de utilizar a máquina pública, à exclusiva disposição dos investigados, para obter vantagens financeiras ilícitas com recursos públicos e lograrem êxito na reeleição ao Governo do Estado, nas Eleições Gerais de 2022”.

“O estratagema, para além de violar as regras brasileiras da gestão pública, revelou-se, também, um arranjo estruturado para o cometimento das práticas de abuso de poder político e econômico, com inequívoca interferência sobre o processo eleitoral ocorrido, em 2022, que culminou, inclusive, na eleição dos primeiros investigados”, acrescentaram.

Além de Castro, Pampolha e Bacellar, o MPF também pediu a cassação de Áureo Ribeiro (deputado federal), Max Lemos (deputado federal), Leonardo Vieira Mendes (deputado estadual), Gutemberg de Paula Fonseca (suplente), Bernardo Rossi (secretário de Ambiente e Sustentabilidade do RJ) e Marcos Venissius da Silva Barbosa (suplente).

Com exceção de Thiago Pampolha, os procuradores solicitaram que os acusados se tornem inelegíveis pelo período de 8 anos, a partir das eleições de 2022.

O vice-governador do Rio de Janeiro foi excluído do pedido de inelegibilidade por ter entrado na chapa de Castro apenas 20 dias antes da eleição de 2022. Na época, o então prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, era candidato a vice-governador na chapa de Castro, mas seu registro de candidatura foi impugnado.

Mundo

Lançamento de satélite da Coreia do Norte termina em explosão

27.05.2024 13:48 3 minutos de leitura
Visualizar

Onde assistir Coritiba x Operário: confira detalhes da partida

Visualizar

Governo Lula queimou mais de R$ 220 mi em vacinas da Covid

Visualizar

São Gonçalo alcança recorde de elevação e prevê inundações em Pelotas

Visualizar

Onde assistir Al-Nassr x Al-Ittihad: confira detalhes da partida

Visualizar

Quem mais estava na mira dos irmãos Brazão

Visualizar

Tags relacionadas

cassação Cláudio Castro governo do Rio de Janeiro MPF Thiago Pampolha
< Notícia Anterior

Concurso em Vale Verde atrai 711 candidatos - Resultados em breve

07.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Boicote global à posse de Putin

07.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Governo Lula queimou mais de R$ 220 mi em vacinas da Covid

Governo Lula queimou mais de R$ 220 mi em vacinas da Covid

27.05.2024 13:27 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
São Gonçalo alcança recorde de elevação e prevê inundações em Pelotas

São Gonçalo alcança recorde de elevação e prevê inundações em Pelotas

27.05.2024 13:24 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Quem mais estava na mira dos irmãos Brazão

Quem mais estava na mira dos irmãos Brazão

27.05.2024 13:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Defensoria vai ao STF por mudança em edital de câmeras em SP

Defensoria vai ao STF por mudança em edital de câmeras em SP

27.05.2024 12:32 5 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.