Moraes manda bloquear contas de investigados por atos antidemocráticos Moraes manda bloquear contas de investigados por atos antidemocráticos
O Antagonista

Moraes manda bloquear contas de suspeitos de ligação com atos antidemocráticos

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 17.11.2022 10:10 comentários
Brasil

Moraes manda bloquear contas de suspeitos de ligação com atos antidemocráticos

O ministro do STF Alexandre de Moraes (foto) determinou o bloqueio de contas bancárias de 43 pessoas e empresas suspeitos de ligação com atos antidemocráticos realizados após a vitória de Lula na corrida presidencial...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 17.11.2022 10:10 comentários 0
Moraes manda bloquear contas de suspeitos de ligação com atos antidemocráticos
Foto: Adriano Machado/O Antagonista

O ministro do STF Alexandre de Moraes (foto) determinou o bloqueio de contas bancárias de 43 pessoas e empresas suspeitos de ligação com atos antidemocráticos realizados após a vitória de Lula na corrida presidencial. Na decisão, proferida no dia 12, o magistrado também mandou a Polícia Federal colher o depoimento dos alvos em um prazo de dez dias. Segundo Moraes, os bloqueios têm objetivo de frear o uso de recursos para financiar os protestos.

A determinação ocorreu após mais de 100 caminhões chegaram a Brasília para reforçar as manifestações na capital federal, sobretudo em frente ao QG do Exército. O ministro alegou que os atos são “ilícitos” e podem configurar crime contra o Estado Democrático.

“Verifica-se o abuso reiterado do direito de reunião, direcionado, ilícita e criminosamente, para propagar o descumprimento e desrespeito ao resultado do pleito eleitoral para presidente e vice-presidente da República, cujo resultado foi proclamado pelo Tribunal Superior Eleitoral em 30/10/2022”, escreveu o ministro, que preside o TSE.

“O deslocamento inautêntico e coordenado de caminões para Brasília/DF, para ilícita reunião nos arredores do Quartel General do Exército, com fins de rompimento da ordem constitucional – inclusive com pedidos de ‘intervenção federal’, mediante interpretação absurda do art. 142 da Constituição Federal – pode configurar o crime de Abolição Violenta do Estado Democrático de Direito (art. 359-L do Código Penal”, acrescentou.

Esportes

Quando ganharão os medalhistas de Paris 2024

14.04.2024 14:15 3 minutos de leitura
Visualizar

Yuri Alberto fala sobre má fase, humilhação e apoio psicológico

Visualizar

Como o PCC se infiltra nas organizações

Visualizar

“Procurei a palavra condenação, mas não encontrei”

Visualizar

Nova York vai permitir o adultério

Visualizar

Biden diz a Netanyahu que EUA não vão participar de contra-ofensiva

Visualizar

Tags relacionadas

Alexandre de Moraes atos antidemocráticos bolsonaristas empresários Jair Bolsonaro Lula Moraes STF
< Notícia Anterior

Desemprego cai em apenas seis estados no 3º trimestre

17.11.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Bolsonaro veta trecho de lei sobre crimes contra a ordem econômica

17.11.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Como o PCC se infiltra nas organizações

Como o PCC se infiltra nas organizações

14.04.2024 14:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“Procurei a palavra condenação, mas não encontrei”

“Procurei a palavra condenação, mas não encontrei”

14.04.2024 13:54 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Para o Itamaraty, a vítima é o Irã

Crusoé: Para o Itamaraty, a vítima é o Irã

14.04.2024 12:37 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Receba Antes: Dicas para acelerar sua restituição do IRPF 2024

Receba Antes: Dicas para acelerar sua restituição do IRPF 2024

14.04.2024 12:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.