Moraes compartilha provas com TSE do inquérito que apura vazamento de dados sigilosos Moraes compartilha provas com TSE do inquérito que apura vazamento de dados sigilosos
O Antagonista

Moraes compartilha provas com TSE do inquérito que apura vazamento de dados sigilosos

avatar
Gabriela Coelho
2 minutos de leitura 09.03.2022 17:15 comentários
Brasil

Moraes compartilha provas com TSE do inquérito que apura vazamento de dados sigilosos

O ministro Alexandre de Moraes (foto), do STF, autorizou o compartilhamento das provas do inquérito que apura o vazamento de dados sigilosos com o Tribunal Superior Eleitoral em investigação administrativa que apura ameaças de Jair Bolsonaro ao sistema eletrônico de votação...

avatar
Gabriela Coelho
2 minutos de leitura 09.03.2022 17:15 comentários 0
Moraes compartilha provas com TSE do inquérito que apura vazamento de dados sigilosos
Foto: Nelson Jr/SCO/STF

O ministro Alexandre de Moraes (foto), do STF, autorizou o compartilhamento das provas do inquérito que apura o vazamento de dados sigilosos com o Tribunal Superior Eleitoral em investigação administrativa que apura ameaças de Jair Bolsonaro ao sistema eletrônico de votação.

“É pacífico o entendimento do Supremo quanto à possibilidade de compartilhamento de elementos informativos colhidos no âmbito de inquérito penal para fins de instruir outro procedimento judicial”, disse.

Ontem, como mostramos, o ministro Mauro Campbell, do TSE, enviou um pedido ao ministro Moraes. Campbell, corregedor do TSE, quer incluir o material no inquérito administrativo aberto na Corte Eleitoral que apura ataques de Bolsonaro ao sistema eleitoral.

Jair Bolsonaro é investigado por ter vazado informações sigilosas em suas redes sociais, para minar a credibilidade da votação eletrônica, durante sua campanha pelo voto impresso.

Em janeiro deste ano, em manifestação ao ministro do STF Alexandre de Moraes, a delegada da Polícia Federal responsável pelo inquérito, Denisse Ribeiro, afirmou que Jair Bolsonaro cometeu crime.

Além de Bolsonaro, o deputado federal Filipe Barros (PSL-PR) também é alvo da investigação.

Em fevereiro, o PGR Augusto Aras pediu ao ministro Alexandre de Moraes o arquivamento da investigação aberta o presidente. 

O procurador-geral da República alegou que o inquérito da PF sobre o ataque, ainda que fosse tratado sigilosamente pelos delegados da instituição, não era protegido por uma decisão judicial que decretasse expressamente o sigilo do procedimento.

Para Aras, sem uma decisão judicial que decretasse o sigilo dos documentos, não seria possível acusar o presidente ou o deputado Filipe Barros de terem vazado dados de forma criminosa na transmissão ao vivo que os dois fizeram nas redes sociais, em 4 de agosto de 2021.

Esportes

VITÓRIA X INTERNACIONAL: confira os horários e onde assistir ao jogo 

16.06.2024 13:00 2 minutos de leitura
Visualizar

R. Kelly e os escândalos com pornografia infantil

Visualizar

ESLOVÊNIA X DINAMARCA: confira os horários e onde assistir ao jogo da Eurocopa

Visualizar

Henry Cavill, ator de super-homem, pede dicas de paternidade

Visualizar

Saiba qual o nome de rua mais comum no Brasil

Visualizar

Brasil e Moçambique unem-se para biocombustíveis

Visualizar

Tags relacionadas

Alexandre de Moraes campbell STF TSE vazamento dados
< Notícia Anterior

OMS confirma existência de cepa que combina Delta e Ômicron

09.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

O novo Vietnã soviético - Papo Antagonista com Claudio Dantas e Mario Sabino

09.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Gabriela Coelho

É jornalista formada pelo UniCEUB, em Brasília. Tem especialização em gestão de crise e redes sociais. Passou pelas redações do Jornal de Brasília, Globo, Revista Consultor Jurídico e CNN Brasil. Conhece o mundo do Judiciário há alguns anos, desde quando ainda era estagiária do TSE. Gosta dessa adrenalina jurídica entre pedidos e decisões. Brasiliense, cobriu as eleições nacionais de 2010, 2014 e 2018 e municipais de 2012 e 2020.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Saiba qual o nome de rua mais comum no Brasil

Saiba qual o nome de rua mais comum no Brasil

16.06.2024 12:35 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Governo do DF investiga denúncia de agressão a preso do 8/1

Governo do DF investiga denúncia de agressão a preso do 8/1

16.06.2024 12:16 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Imposto de Renda 2024: saiba tudo sobre a restituição dos seus tributos

Imposto de Renda 2024: saiba tudo sobre a restituição dos seus tributos

16.06.2024 12:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Concurso Câmara de Palmares: salários de até R$ 3.2 mil

Concurso Câmara de Palmares: salários de até R$ 3.2 mil

16.06.2024 11:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.