O Antagonista

Mestre de obras é sequestrado e assassinado em Goiás: 5 Suspeitos presos

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 08.02.2024 09:53 comentários
Brasil

Mestre de obras é sequestrado e assassinado em Goiás: 5 Suspeitos presos

Tragédia em Goiás: mestre de obras é sequestrado e morto. Cinco suspeitos foram presos, incluindo um colega de trabalho.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 08.02.2024 09:53 comentários 0
Mestre de obras é sequestrado e assassinado em Goiás: 5 Suspeitos presos
Fonte: Reprodução/TV Anhanguera

A trágica história do mestre de obras que estava desaparecido, encontrou um desfecho cruel quando ele foi encontrado morto em Jataí, na região sudoeste de Goiás. O caso, que se desdobrou em diferentes instâncias antes de sua morte, culminou na prisão de cinco pessoas suspeitas de participar deste crime repugnante.

Suspeitos presos respondem por latrocínio, ocultação de cadáver e associação criminosa

No dia 4 de fevereiro, a caminhonete do mestre desaparecido foi avistada em um motel de Jataí. Utilizando as gravações de câmeras de segurança, foram identificados três jovens no veículo. Após a investigação, foi revelado que o mestre de obras foi vítima de uma operação planejada por um colega de trabalho, Carlos Roberto Pereira Barbosa. Este obrigou a vítima, sob ameaça, a transferir dinheiro para a conta de sua esposa, Ana Regina, antes de cometer o homicídio. Os suspeitos acabaram sendo presos entre os dias 6 e 7 de fevereiro.

O crime e a tentativa de rota de fuga

As pesquisas indicam que o roubo da caminhonete do trabalhador era um passo planejado do crime, seguido pela intenção dos envolvidos de vender o veículo no Paraguai em troca de drogas. Leonardo Henrique Alves da Silva foi o responsável por intermediar esse plano, aguardando no local a chegada de outro carro encarregado de transportar o veículo da vítima. Surpreendentemente, a caminhonete foi encontrada em um lugar bastante distante, em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, indicando a rota que os criminosos provavelmente seguiram na tentativa de chegar à fronteira.

A divulgação das imagens dos suspeitos

Foi tomada a decisão de divulgar as imagens e nomes dos investigados, justificada pelo interesse público de identificar possíveis partícipes dos crimes. Isto se dá devido aos indícios de que os crimes cometidos integram operações de uma associação criminosa, o que eleva a gravidade dos fatos e a necessidade de medidas de investigação mais amplas.

Esportes

Alexandre Pato fala sobre os bastidores da sua saída do São Paulo

28.02.2024 23:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Estátua de Daniel Alves é vandalizada em Juazeiro, sua cidade natal

Visualizar

A "epidemia geral" de Barroso

Visualizar

Flamengo considera vender Gabigol para lucrar com o atacante

Visualizar

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Visualizar

Atacante Yuri Alberto visita crianças com câncer no GACC

Visualizar

Tags relacionadas

assassinato Goiás mestre de obras sequestro
< Notícia Anterior

IPCA apresenta alta de 0,42% em janeiro

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Novo surto de erupção vulcânica na Islândia causa alerta

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

A "epidemia geral" de Barroso

A "epidemia geral" de Barroso

28.02.2024 21:15 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

28.02.2024 20:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

28.02.2024 20:16 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
STF vai decidir futuro da Uber no Brasil

STF vai decidir futuro da Uber no Brasil

28.02.2024 19:52 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.