Mãe e padrasto são indiciados por morte de bebê torturado Mãe e padrasto são indiciados por morte de bebê torturado
O Antagonista

Mãe e padrasto são indiciados por morte de bebê torturado

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 23.04.2024 16:03 comentários
Brasil

Mãe e padrasto são indiciados por morte de bebê torturado

Bebê torturado morre após abusos em Goiás, inquérito indiciou mãe e padrasto. Detalhes chocantes revelados.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 23.04.2024 16:03 comentários 0
Mãe e padrasto são indiciados por morte de bebê torturado
Divulgação

O caso chocante de um bebê que faleceu devido a torturas infligidas por sua mãe e padrasto teve seu inquérito finalizado e enviado à Justiça nesta quinta-feira, segundo informações da delegada Simone Casemiro. A investigação revelou múltiplos ferimentos provocados no menino, que caracterizam o crime de tortura.

O que dizem os laudos sobre a causa da morte do bebê?

De acordo com a delegada encarregada do caso, os laudos cadavéricos e radiológicos apontam claramente para uma morte resultante de tortura. “Os exames evidenciam as múltiplas agressões sofridas pela vítima, com marcas que variam desde hematomas até indícios de queimaduras que se assemelham a cigarros”, explicou Casemiro.

Como o sistema de justiça está lidando com o inquérito?

O Ministério Público de Goiás confirmou o recebimento do inquérito, mas destacou que a denúncia ainda está pendente devido à necessidade de mais laudos complementares. O processo está correndo em segredo de justiça, mantendo detalhes adicionais restritos ao público e às partes envolvidas diretamente no caso.

Detalhes do Crime e Reação da Comunidade

O bebê foi levado ao hospital com sinais extremos de violência física, como marcas de mordidas e queimaduras de cigarro pelo corpo. Além disso, apresentava unhas roxas e ausência de unhas nos pés, sinais alarmantes que levaram os médicos a acionarem a polícia. Após ser transferido em estado grave para um hospital especializado em Goiânia, o pequeno não resistiu e veio a óbito dia 11 de abril.

Qual foi a alegação dos acusados durante a detenção?

Na audiência de custódia, a mãe e o padrasto do bebê negaram as acusações, sugerindo que os ferimentos foram resultado de uma queda e que as mordidas teriam sido feitas por outro irmão da criança. No entanto, a delegada aponta que o casal demonstrou uma frieza considerável e não apresentou sinais de arrependimento durante o depoimento.

Impacto e Repercussões

A brutalidade e as circunstâncias dolorosas da morte do bebê abalaram a comunidade local e reacenderam debates sobre a eficácia das medidas de proteção à criança em âmbito nacional. Movimentos sociais e entidades de proteção têm se mobilizado para solicitar mudanças mais rigorosas na legislação existente e no sistema de vigilância familiar.

Mundo

Crusoé: Congresso dos EUA discute sanções contra TPI

21.05.2024 14:39 2 minutos de leitura
Visualizar

Crusoé: A desculpa de Jerônimo para a criminalidade na Bahia

Visualizar

Hulk podia estar na Europa, mas seu destino era no Atlético-MG

Visualizar

Europa regulamenta inteligência artificial

Visualizar

Geleira do Juízo Final ameaça elevar o nível do mar

Visualizar

Mudanças climáticas podem tornar turbulências mais comuns

Visualizar

Tags relacionadas

Bebê inquérito torturado
< Notícia Anterior

Anaf pede que árbitros façam greve e paralisem o Campeonato Brasileiro

23.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Lua rosa no mês de Abril

23.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Crusoé: A desculpa de Jerônimo para a criminalidade na Bahia

Crusoé: A desculpa de Jerônimo para a criminalidade na Bahia

21.05.2024 14:32 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
PF combate fraudes no Enem em Marabá

PF combate fraudes no Enem em Marabá

21.05.2024 13:29 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

21.05.2024 13:07 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

21.05.2024 13:04 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.