Liberal no discurso, desenvolvimentista na prática Liberal no discurso, desenvolvimentista na prática
O Antagonista

Liberal no discurso, desenvolvimentista na prática

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 27.07.2020 06:56 comentários
Brasil

Liberal no discurso, desenvolvimentista na prática

Paulo Guedes assumiu o Ministério da Economia, em 2 de janeiro, defendendo a abertura econômica, a privatização das estatais e a simplificação dos impostos. Mas o choque liberal ficou no papel, segundo especialistas...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 27.07.2020 06:56 comentários 0
Liberal no discurso, desenvolvimentista na prática
jairbolsonaro_pauloguedes

Paulo Guedes assumiu o Ministério da Economia, em 2 de janeiro, defendendo a abertura econômica, a privatização das estatais e a simplificação dos impostos. Mas o choque liberal ficou no papel, segundo especialistas ouvidos pelo Estadão.

Se a agenda de privatizações ficou só no discurso, o mesmo pode ser dito sobre a reforma tributária. O ministro prometia unificar até oito impostos, mas apresentou uma proposta que junta apenas PIS e Cofins, aumenta a alíquota a 12% – e ainda tenta criar a CPMF digital.

“Guedes segue o padrão Bolsonaro. Não faz muita coisa. Tem muita espuma, mas não tem muito resultado”, diz o economista Simão Davi Silber, professor da Universidade de São Paulo (USP).

Para o diretor-executivo do Instituto Livres, Paulo Gontijo, falta respaldo político para Guedes tocar a agenda liberal. “Esse governo tem um problema de formulação, de articulação e de execução. A formulação da reforma tributária foi ruim. Na votação do Fundeb, a articulação foi ruim. Quanto tem proposta bem formulada, como a reforma administrativa, não anda porque enfrenta corporações.”

A prometida abertura econômica, que seria concomitante à redução do chamado “custo Brasil”, também ainda não teve avanço. “Foram feitas reduções pontuais em taxas de importação, que não precisam de aval do Mercosul. Mas os planos de reduzir a Tarifa Externa Comum (TEC) do bloco não foram para frente e ficou ainda mais difícil levá-los a cabo com a pandemia, que teve grande impacto na indústria brasileira.”

Parte da culpa pode ser pendurada na ala militar. “Dada a influência militar dentro do governo Bolsonaro, há uma visão nacional desenvolvimentista que é contra esse discurso de abertura. Existe um conflito latente, dentro do próprio governo, e o Guedes têm sido muito tímido.”

 

Mundo

Miss Argentina 2024: representante de Córdoba de 29 anos leva a coroa

26.05.2024 11:21 3 minutos de leitura
Visualizar

Novo concurso ISS Juruena 2024: salário inicial de R$ 2.3 mil

Visualizar

Copa do Nordeste 2024: finalistas serão conhecidos hoje

Visualizar

Por onde andam os jogadores da Alemanha que estavam no 7x1?

Visualizar

Uber vai lançar viagens exclusivamente com carros elétricos no Brasil

Visualizar

Frente fria pode provocar recorde de temperaturas mínimas no Centro-Sul do Brasil

Visualizar

Tags relacionadas

economia Paulo Guedes
< Notícia Anterior

Alvo de Moraes, empresário bolsonarista desautoriza defesa da AGU

27.07.2020 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Após semana de folga, Congresso retoma comissão mista da reforma tributária

27.07.2020 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Novo concurso ISS Juruena 2024: salário inicial de R$ 2.3 mil

Novo concurso ISS Juruena 2024: salário inicial de R$ 2.3 mil

26.05.2024 11:04 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Uber vai lançar viagens exclusivamente com carros elétricos no Brasil

Uber vai lançar viagens exclusivamente com carros elétricos no Brasil

26.05.2024 10:58 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Frente fria pode provocar recorde de temperaturas mínimas no Centro-Sul do Brasil

Frente fria pode provocar recorde de temperaturas mínimas no Centro-Sul do Brasil

26.05.2024 10:43 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Número de mortos em tragédia no RS sobe para 169

Número de mortos em tragédia no RS sobe para 169

26.05.2024 10:40 1 minuto de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.