Lewandowski quer mais poder da União na segurança Lewandowski quer mais poder da União na segurança
O Antagonista

Lewandowski quer mais poder da União na segurança pública

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 22.04.2024 14:06 comentários
Brasil

Lewandowski quer mais poder da União na segurança pública

Ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, participou nesta segunda-feira, 22, do seminário Brasil Hoje, realizado pelo grupo Esfera

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 22.04.2024 14:06 comentários 0
Lewandowski quer mais poder da União na segurança pública
Ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski - Foto: Vinicius Loures / Câmara dos Deputados

O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, defendeu nesta segunda-feira, 22, a aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para aumentar poder da União na segurança pública. Segundo ele, o governo federal deveria ser o responsável por fazer um “planejamento nacional” para a área, que os estados e municípios seriam obrigados a seguir.

“O modelo de segurança pública que concebemos na Constituição de 1988, há 35 anos, alterou-se fundamentalmente. Hoje não é mais possível termos aquela compartimentação muito específica, a União com a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e a Força Nacional, e quem faz a segurança das pessoas e do patrimônio é a Polícia Militar e a Civil, e a Guarda Municipal que cuida dos interesses das comunidades locais”, disse Lewandowski durante o seminário Brasil Hoje, realizado pelo grupo Esfera.

“Este modelo tem que ser modificado por meio de uma alteração constitucional, dando mais poderes à União para fazer um planejamento nacional de caráter compulsório para os demais órgãos de segurança”, completou o ministro.

Crise com o Congresso

Ainda durante o evento, Lewandowski negou que haja qualquer crise entre os Poderes atualmente, seja entre governo federal e Congresso Nacional, seja entre o Judiciário e o Legislativo. O ministro afirmou que a discussão sobre descriminalização do porte de drogas que ocorre no Congresso é diferente do que está em julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF), que já tem cinco votos a três para descriminalizar a posse e o porte de maconha.

“Não há crise entre o Judiciário e o Congresso Nacional. Com relação às drogas, muitas pessoas que não se aprofundaram de forma mais vertical nesta questão talvez não entendam que são aspectos distintos que estão sendo discutidos no Supremo Tribunal Federal e no Senado. No Senado, está se criando uma PEC para criminalizar o uso e o porte e o tráfico de drogas”, disse Lewandowski.

Na semana passada, o Senado aprovou a PEC que criminaliza a posse e o porte de todas as drogas. O projeto será encaminhado agora para a Câmara dos Deputados.

“O STF está analisando outro aspecto, o parágrafo 2º do artigo 28 da Lei de Drogas, em que ele reduz a discricionariedade do juiz para determinar se alguém é traficante ou usuário de drogas. Então não há crise”, completou.

O avanço da matéria sobre as drogas no Congresso é uma reação dos senadores ao julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a descriminalização do porte de maconha. A aprovação do texto tem sido fortemente defendida por parlamentares de diferentes campos políticos — especialmente por grupos conservadores.

Até o momento, o placar na Corte está 5 a 3 para descriminalizar o porte só da maconha para consumo próprio. O julgamento foi suspenso no começo de março depois de um pedido de vistas do ministro Dias Toffoli.

Brasil

Megaoperação em SP apreende 85 mil vapes

24.05.2024 19:25 3 minutos de leitura
Visualizar

John Textor planeja vender o time Crystal Palace

Visualizar

Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente

Visualizar

INSS e sindicato unem forças: Novas mudanças para bancários

Visualizar

Deslizamento catastrófico em Papua-Nova Guiné

Visualizar

A. Soares na Crusoé: O espanto das esquerdas ao encontrar alguém que não são eles

Visualizar

Tags relacionadas

esfera Brasil Grupo Esfera Ministério da Justiça e da Segurança Pública Ricardo Lewandowski Secretaria Nacional de Segurança Pública
< Notícia Anterior

Onde assistir Farense x Benfica: confira detalhes da partida

22.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

UE eleva sanções ao Irã por ataques a Israel

22.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Megaoperação em SP apreende 85 mil vapes

Megaoperação em SP apreende 85 mil vapes

24.05.2024 19:25 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente

Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente

24.05.2024 19:10 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
INSS e sindicato unem forças: Novas mudanças para bancários

INSS e sindicato unem forças: Novas mudanças para bancários

24.05.2024 19:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
A. Soares na Crusoé: O espanto das esquerdas ao encontrar alguém que não são eles

A. Soares na Crusoé: O espanto das esquerdas ao encontrar alguém que não são eles

24.05.2024 18:39 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.