O Antagonista

Itamaraty muda tom e fala em “ato de terrorismo” ao condenar ataques no Irã

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 03.01.2024 20:31 comentários
Brasil

Itamaraty muda tom e fala em “ato de terrorismo” ao condenar ataques no Irã

Ao contrário do que ocorreu durante os ataques do grupo Hamas à Israel em outubro do ano passado, o governo brasileiro não demorou a criticar “atos de terrorismo” após a morte de mais de 100 pessoas durante cerimônia alusiva ao quarto aniversário da morte do general Qassem Soleimani no Irã...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 03.01.2024 20:31 comentários 0
Itamaraty muda tom e fala em “ato de terrorismo” ao condenar ataques no Irã
Foto: khamenei.ir

Ao contrário do que ocorreu durante os ataques do grupo Hamas à Israel em outubro do ano passado, o governo brasileiro não demorou a criticar “atos de terrorismo” após a morte de mais de 100 pessoas durante cerimônia alusiva ao quarto aniversário da morte do general Qassem Soleimani no Irã.

Como mostramos mais cedo, duas explosões mataram nesta quarta-feira, 3, pelo menos 100 pessoas que participavam de uma cerimônia em homenagem a Qassem Soleimani (foto), general morto por um ataque com drone dos Estados Unidos em 2020. Outras 140 ficaram feridas.

As explosões ocorreram na cidade de Kerman, no sudeste do país, onde o ex-comandante da Guarda Revolucionária do Irã está enterrado.

“O governo brasileiro condena o ataque com explosivos que resultou hoje, 3 de janeiro de 2024, na morte de cerca de 100 pessoas e deixou mais de 200 feridos na cidade de Kerman, no Irã, durante cerimônia alusiva ao quarto aniversário da morte do general Qassem Soleimani, ex-comandante da Força Quds da Guarda Revolucionária iraniana”, informou o governo brasileiro em nota oficial.

“Ao expressar suas condolências aos familiares das vítimas e sua solidariedade ao povo e ao governo da República Islâmica do Irã, o Brasil reitera seu mais firme repúdio a todo e qualquer ato de terrorismo”, acrescentou o Itamaraty.

No início da guerra entre Israel e Hamas, o governo brasileiro tardou em classificar os ataques como “terroristas”. A adjetivação adveio apenas após críticas do Congresso e da comunidade internacional e judaica.

Quatro anos da morte de Soleimani

Homenageado hoje, o ex-comandante da Guarda Revolucionária do Irã Qassem Soleimani morreu em janeiro de 2020 em um ataque aéreo com drones, no Iraque.

O governo americano assumiu a autoria do atentado, afirmando que o general tinha “planos para atacar tropas e diplomatas norte-americanos”.

Soleimani é considerado um herói nacional no Irã.

Mais Lidas

1

Biden desiste da campanha à presidência dos EUA

Visualizar notícia
2

Os dois sangramentos que levaram à desistência de Biden

Visualizar notícia
3

Crusoé: os recados importantes de Biden na carta de desistência

Visualizar notícia
4

Kamala Harris: “Minha intenção é merecer e conquistar essa nomeação”

Visualizar notícia
5

Vice de Trump acusa Kamala de mentir sobre sanidade de Biden

Visualizar notícia
6

Trump, sobre desistência de Biden: “Todos sabiam que ele não era capaz”

Visualizar notícia
7

Líderes mundiais se manifestam sobre desistência de Biden

Visualizar notícia
8

Presidente da Câmara dos EUA pede renúncia de Biden

Visualizar notícia
9

Governador cotado para substituir Biden na eleição endossa Kamala

Visualizar notícia
10

Obama, sobre desistência de Biden: “Prova de amor pelo país”

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Itamaraty Qassem Soleimani
< Notícia Anterior

Vacina contra dengue, esnobada pelo governo, começa a ser aplicada no MS

03.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Reitora de Harvard já vai tarde

03.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Entenda a disputa de herança da família Safra

Entenda a disputa de herança da família Safra

21.07.2024 22:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Raquel Cattani, filha de deputada, encontrada morta em casa

Raquel Cattani, filha de deputada, encontrada morta em casa

21.07.2024 21:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
A obrigatoriedade da maça nas caixas de suco

A obrigatoriedade da maça nas caixas de suco

21.07.2024 20:55 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Briga de cachorros terminar com morte de tutor em BH

Briga de cachorros terminar com morte de tutor em BH

21.07.2024 20:41 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.