Incêndio de grandes proporções destrói lojas em São Luís Incêndio de grandes proporções destrói lojas em São Luís
O Antagonista

Incêndio de grandes proporções destrói lojas em São Luís

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 23.02.2024 07:56 comentários
Brasil

Incêndio de grandes proporções destrói lojas em São Luís

Incêndio de grandes proporções em São Luís destrói lojas na Rua Sete de Setembro. Corpo de Bombeiros investiga causas.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 23.02.2024 07:56 comentários 0
Incêndio de grandes proporções destrói lojas em São Luís
Fonte: Reprodução/Redes Sociais

Na noite de quinta-feira (22), um incêndio de grandes proporções atingiu o centro de São Luís, capital do Maranhão. Cerca de cinco lojas localizadas na Rua Sete de Setembro foram destruídas pelas chamas. Não houve registro de feridos.

Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão atua no controle do incêndio

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão foi rapidamente acionado e esteve no local para controlar o incêndio. Ainda não foi divulgado um relatório completo sobre os danos causados pelo fogo, mas um grande volume de produtos foi consumido pelas chamas. Alguns itens, no entanto, foram resgatados a tempo.

Populares registram o ocorrido

Vídeos gravados por quem passava pelo local mostram a grandeza do incêndio. Em algumas imagens, é possível ver pessoas ajudando a retirar produtos das lojas antes que fossem atingidos pelo fogo.

Investigação sobre as causas do incêndio está em andamento

Ainda não se sabe o que teria causado o incêndio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma investigação foi iniciada para determinar os motivos que levaram ao início do fogo. No momento, a prioridade era controlar as chamas para evitar que se alastrassem a outros estabelecimentos e residências próximas.

Este incidente traz grandes prejuízos para os proprietários das lojas, principalmente em um período de recuperação econômica pós-pandemia. Este é um momento em que pequenos e médios empresários enfrentam desafios para manter seus negócios em funcionamento.

Moradores e lojistas de São Luís aguardam mais informações sobre a investigação do incêndio e esperam que incidentes como esses possam ser evitados no futuro.

Brasil

Frentes Parlamentares ligadas a setores produtivos derrubada de vetos

23.04.2024 15:03 3 minutos de leitura
Visualizar

O otimismo de Lula com a farsa eleitoral de Maduro

Visualizar

Onde assistir Estudiantes x Grêmio: confira detalhes da partida

Visualizar

Crusoé: Em MG, Zema reluta em nome do Novo à prefeitura de BH

Visualizar

Congresso estima aumento nas despesas obrigatórias do governo

Visualizar

Lula descarta reforma ministerial

Visualizar

Tags relacionadas

centro histórico incêndio lojas São Luís Sete de Setembro
< Notícia Anterior

Rússia amplia e moderniza suas forças nucleares estratégicas

23.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Recopa: Fluminense leva gol no fim e perde 1° jogo da final para a LDU

23.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Frentes Parlamentares ligadas a setores produtivos derrubada de vetos

Frentes Parlamentares ligadas a setores produtivos derrubada de vetos

23.04.2024 15:03 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Em MG, Zema reluta em nome do Novo à prefeitura de BH

Crusoé: Em MG, Zema reluta em nome do Novo à prefeitura de BH

23.04.2024 14:45 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Congresso estima aumento nas despesas obrigatórias do governo

Congresso estima aumento nas despesas obrigatórias do governo

23.04.2024 14:42 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Lula descarta reforma ministerial

Lula descarta reforma ministerial

23.04.2024 14:37 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.