Imposto de Renda: brasileiros com 2 salários mínimos ganham isenção Imposto de Renda: brasileiros com 2 salários mínimos ganham isenção
O Antagonista

Imposto de Renda: brasileiros com 2 salários mínimos ganham isenção

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 18.04.2024 08:00 comentários
Brasil

Imposto de Renda: brasileiros com 2 salários mínimos ganham isenção

Novas regras de isenção do Imposto de Renda beneficiam milhões de brasileiros.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 18.04.2024 08:00 comentários 0
Imposto de Renda: brasileiros com 2 salários mínimos ganham isenção
Foto: Joédson Alves/ Agência Brasil

O Senado Federal aprovou uma importante atualização nas regras do Imposto de Renda (IR) no Brasil, marcando uma significativa mudança para os contribuintes com menores rendimentos.

A nova legislação, que agora espera a sanção presidencial, eleva a faixa de isenção do IR, isentando quem ganha até dois salários mínimos.

O que muda com a nova faixa de isenção do IR?

Antes dessa modificação, estavam isentos do pagamento do imposto aqueles que recebiam até R$ 2.640 por mês.

Com a aprovação recente, essa faixa foi ajustada para rendimentos mensais de até R$ 2.824, equivalente a dois salários mínimos.

A medida promete aliviar o bolso de milhões de brasileiros, ajustando-se à realidade econômica atual do país.

Como fica a tabela do IR com o novo limite?

A revisão proposta estabelece que o limite para a alíquota de zero por cento aumenta para R$ 2.259,20.

Aplicando-se o desconto simplificado, que é de R$ 564,80, a nova regra beneficia quem tem renda mensal de até R$ 2.824,00.

Essa alteração não somente reajusta o valor da isenção, mas também tem um impacto positivo na apuração do imposto para todos os contribuintes, devido à progressividade da tabela do IR.

Debate e emendas no senado

Durante a votação no plenário do Senado, diversas emendas foram apresentadas, incluindo uma proposta que sugeriu estender a isenção para até três salários mínimos.

Contudo, essa e outras emendas foram rejeitadas, mantendo-se a proposta original de isenção para até dois salários mínimos.

O impacto financeiro da nova medida

Segundo dados do governo, o aumento da faixa de isenção do IR deve gerar um impacto de aproximadamente R$ 3,03 bilhões nas contas públicas neste ano.

Para os próximos anos, as estimativas apontam uma redução na arrecadação da ordem de R$ 3,53 bilhões em 2025, e de R$ 3,77 bilhões em 2026.

Esta aprovação representa um importante passo na reformulação da política tributária brasileira, visando uma maior justiça fiscal.

Com a sanção presidencial, espera-se que as novas regras entrem oficialmente em vigor, trazendo alívio financeiro para uma grande parcela da população.

Mundo

Líder da direita populista alemã cai após relativizar nazismo

Alexandre Borges
23.05.2024 06:03 3 minutos de leitura
Visualizar

INSS: calendário do 13º salário, pagamentos antecipados

Visualizar

Bolsa Família: novos benefícios de Auxílio Médio

Visualizar

Crusoé: Nove pessoas morrem em acidente em comício no México

Caio Mattos, Da Cidade do México Visualizar

China inicia exercícios militares ao redor de Taiwan

Visualizar

Acusado de estupro de criança, marido de cantora gospel é preso nos EUA

Visualizar

Tags relacionadas

declaração de imposto de renda isenção de imposto
< Notícia Anterior

Antissemitas do Google fazem ato violento e são presos

18.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

As articulações dos ministros do STF no Congresso

18.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

INSS: calendário do 13º salário,  pagamentos antecipados

INSS: calendário do 13º salário, pagamentos antecipados

23.05.2024 05:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Bolsa Família: novos benefícios de Auxílio Médio

Bolsa Família: novos benefícios de Auxílio Médio

23.05.2024 05:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Câmara dos Deputados aprova moção de repúdio a Madonna, Anitta e Pabllo Vittar

Câmara dos Deputados aprova moção de repúdio a Madonna, Anitta e Pabllo Vittar

22.05.2024 22:05 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Nome do governo à Petrobras passa em Conselho de Elegibilidade

Nome do governo à Petrobras passa em Conselho de Elegibilidade

22.05.2024 21:02 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.