Governo consegue adiar votação dos vetos de Lula no Congresso Governo consegue adiar votação dos vetos de Lula no Congresso
O Antagonista

Governo consegue adiar votação dos vetos de Lula no Congresso

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 24.04.2024 18:48 comentários
Brasil

Governo consegue adiar votação dos vetos de Lula no Congresso

O acordo foi fechado após reunião com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), com integrantes do governo

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 24.04.2024 18:48 comentários 0
Governo consegue adiar votação dos vetos de Lula no Congresso
Jaques Wagner, líder do governo no Senado, e Randolfe Rodrigues, líder do governo no Congresso | Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Diante de uma ofensiva do Palácio do Planalto, líderes partidários cancelaram a sessão do Congresso que ia analisar uma série de vetos do presidente Lula (PT) nesta quarta-feira, 24. O acordo foi fechado após reunião com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), com integrantes do governo.

Como mostramos mais cedo, aliados do governo tentavam adiar a sessão conjunta entre deputados e senadores diante da eminência derrota em diversos pontos. O Executivo temi, entre outros, a derrubada do veto ao Orçamento que estipula um calendário para a liberação das emendas parlamentares.

Lula vetou o item no começo do ano, sob argumento que a medida poderia “aumentar a rigidez na gestão orçamentária e financeira e dificultar a gestão das finanças públicas”. Parlamentares alegam que o Palácio do Planalto tem segurado a liberação das emendas e contemplado apenas os deputados e senadores governistas.

Pelas regras, todo deputado, seja governista ou de oposição, tem direito a R$ 37,9 milhões. Os senadores têm R$ 69,6 milhões. Cabe ao governo, no entanto, o ritmo da liberação desses repasses e fazer acenos ao Congresso quando propostas do presidente precisam avançar. 

Se o veto ao calendário for derrubado, o Palácio do Planalto vai ser obrigado a cumprir o cronograma de pagamentos estabelecido pelo Congresso. Além disso, havia um impasse sobre o veto aos R$ 5,6 bilhões das emendas parlamentares.

PL das saidinhas

Deputados e senadores pretendem ainda derrubar o veto de Lula ao projeto de lei que extingue as saídas temporárias de presos do sistema semiaberto. O trecho vetado proibia a possibilidade de saída dos presos para visitar familiares – uma das hipóteses mais comuns.

“Nós vetamos a proibição de o cidadão ou a cidadã que não tenha cometido crime hediondo, que não tenha cometido estupro, que não tenha cometido crime de pedofilia, sabe, possa visitar os parentes. É uma coisa de família, família é uma coisa sagrada. Família é a base principal, sabe, da organização de uma sociedade”, disse o presidente durante café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto.

Líderes admitem que o governo assumiu o risco da derrota mesmo diante do amplo apoio ao projeto dentro do Congresso. No Senado, foram 62 votos a favor e apenas dois contrários ao texto. Já na Câmara a provação aconteceu em votação simbólica, dado o tamanho do apoio ao projeto.

Mundo

Aos 60 anos, Alejandra Rodríguez brilha no Miss Universo Argentina 2024

25.05.2024 23:00 3 minutos de leitura
Visualizar

Zhongnanhai: A Casa Branca chinesa

Visualizar

Leptospirose no RS: 4 mortes e 76 casos confirmados

Visualizar

Corredor humanitário do RS atinge 7 Km de congestionamento

Visualizar

Toni Kroos se despede do Santiago Bernabéu com o Real Madrid

Visualizar

Em último jogo de Mbappe, PSG vence a copa da França

Visualizar

Tags relacionadas

a Congresso Nacional acordo orçamento Arthur Lira derrubada de veto emendas de bancada PL das sadinhas
< Notícia Anterior

CazeTV vende parte da sua empresa

24.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Há uma diferença entre defender a Palestina e pedir assassinato de judeus

24.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Leptospirose no RS: 4 mortes e 76 casos confirmados

Leptospirose no RS: 4 mortes e 76 casos confirmados

25.05.2024 22:15 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Corredor humanitário do RS atinge 7 Km de congestionamento

Corredor humanitário do RS atinge 7 Km de congestionamento

25.05.2024 21:40 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Chuvas no RS: Número de morto sobe para 166

Chuvas no RS: Número de morto sobe para 166

25.05.2024 20:55 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Anitta responde a moção de repúdio ironizando e criticando os deputados

Anitta responde a moção de repúdio ironizando e criticando os deputados

25.05.2024 20:36 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.