Facção do RN é investigada por financiar ‘funk do terror’ no YouTube Facção do RN é investigada por financiar ‘funk do terror’ no YouTube
O Antagonista

Facção do RN é investigada por financiar ‘funk do terror’ no YouTube

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 13.05.2023 13:00 comentários
Brasil

Facção do RN é investigada por financiar ‘funk do terror’ no YouTube

A facção Sindicato do Crime, que cometeu uma série de atentados no Rio Grande do Norte, é investigada por suspeita de financiar três funks com apologia...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 13.05.2023 13:00 comentários 0
Facção do RN é investigada por financiar ‘funk do terror’ no YouTube
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A facção Sindicato do Crime, que cometeu uma série de atentados no Rio Grande do Norte, é investigada por suspeita de financiar três funks com apologia aos ataques terroristas promovidos em março deste ano. As informações foram divulgadas pelo UOL.

Segundo a Polícia Civil, um funkeiro recebeu cerca de R$ 10 mil em pagamentos via Pix para fazer músicas enaltecendo a facção. As composições são exibidas em vídeos no YouTube sem qualquer tipo de censura.

Dados do computador e de celulares de Alison Firmo de Melo, o MC Ousado, foram extraídos depois de cumprimento de um mandado de busca e apreensão há quase três semanas na casa do funkeiro, em Natal.

MC Ousado menciona cerca de 200 criminosos nos funks, que também exaltam o aniversário de dez anos da facção. 

Em março, o Rio Grande do Norte foi palco de uma série de ataques a tiros e incêndios em prédios públicos, comércios e veículos.

O Sindicato do Crime assumiu a responsabilidade por todos os ataques. A origem do grupo remonta a 2013, em uma dissidência local do PCC que questionava a autoridade da executiva de São Paulo.

Brasil

Governo e bancada evangélica travam o PL dos cassinos na CCJ do Senado

Wesley Oliveira
12.06.2024 16:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Atlético-MG pode ter 8 desfalques em jogo contra Palmeiras

Visualizar

Mercadante quer salvar Haddad com dividendos do BNDES

Rodrigo Oliveira Visualizar

CCJ da Câmara aprova PEC das Drogas

Wesley Oliveira Visualizar

Crusoé: Por que Putin mandou navios de guerra para Cuba

Visualizar

Ex-reféns e vizinhos confirmam “jornalista” como captor afiliado ao Hamas

Visualizar

Tags relacionadas

facção funk Rio Grande do Norte Sindicato do Crime YouTube
< Notícia Anterior

MP Eleitoral contra inelegibilidade de Deltan

13.05.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Problemas com MST estão ‘superados’, diz Paulo Teixeira

13.05.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Governo e bancada evangélica travam o PL dos cassinos na CCJ do Senado

Governo e bancada evangélica travam o PL dos cassinos na CCJ do Senado

Wesley Oliveira
12.06.2024 16:06 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
CCJ da Câmara aprova PEC das Drogas

CCJ da Câmara aprova PEC das Drogas

Wesley Oliveira
12.06.2024 15:39 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Auxílio-Gás: o segredo para o seu orçamento doméstico

Auxílio-Gás: o segredo para o seu orçamento doméstico

12.06.2024 15:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Castro aponta a Fachin “sucesso” de operação na Maré

Castro aponta a Fachin “sucesso” de operação na Maré

12.06.2024 14:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.