O Antagonista

Estudante de direito preso por engano em Goiás é libertado após dois meses de detenção

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 03.02.2024 09:52 comentários
Brasil

Estudante de direito preso por engano em Goiás é libertado após dois meses de detenção

Estudante de direito, Luiz Brendo, é libertado após dois meses preso por engano em Aparecida de Goiânia. A detenção equivocada ocorreu devido a semelhanças com o verdadeiro suspeito.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 03.02.2024 09:52 comentários 0
Estudante de direito preso por engano em Goiás é libertado após dois meses de detenção
Fonte: Reprodução/TV Anhnaguera

O jovem Luiz Brendo Mac Dovel do Nascimento, estudante de direito, foi preso por engano por quase dois meses em Aparecida de Goiânia antes de finalmente ser libertado. A mãe do acadêmico, Lidiane Mac Dovel, relata que seu filho compartilha várias semelhanças com o verdadeiro suspeito do crime, incluindo nome similar, lugar de nascimento, ano de nascimento e até o nome da mãe. Além disso, ambos estiveram no mesmo estado onde o crime ocorreu na data de sua ocorrência.

A detenção equivocada

Luiz foi preso em 12 de dezembro, quando compareceu a uma delegacia após receber uma intimação. Ele descobriu na ocasião que um mandado de prisão havia sido emitido contra ele por uma tentativa de latrocínio ocorrido em Santa Catarina. Na data do crime, o estudante estava de fato no referido estado para realizar uma prova para o curso de sargento do Exército.

Sua libertação

O alvará de soltura para Luiz foi expedido somente em 1° de fevereiro. A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) comunicou que a liberação aconteceu depois que um policial ficou sensibilizado com a história contada por Lidiane durante uma visita ao filho. Após uma investigação mais aprofundada, foi descoberto que um homem com ficha criminal tinha dados surpreendentemente semelhantes aos do jovem estudante.

Em suas primeiras palavras após a libertação, o estudante de direito expressou seu alívio e seus planos imediatos, afirmando: “Eu quero ir para casa, ficar com minha família, comer um bolo”.

Até o presente momento, não há informações sobre o verdadeiro suspeito do crime.

Esportes

Estátua de Daniel Alves é vandalizada em Juazeiro, sua cidade natal

28.02.2024 22:00 2 minutos de leitura
Visualizar

A "epidemia geral" de Barroso

Visualizar

Flamengo considera vender Gabigol para lucrar com o atacante

Visualizar

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Visualizar

Atacante Yuri Alberto visita crianças com câncer no GACC

Visualizar

Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

Visualizar

Tags relacionadas

estudante prisão por engano
< Notícia Anterior

Investigado, Petro pede mobilização contra “ruptura institucional”

03.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Rodrigo Caetano prepara saída do Atlético-MG e será diretor de seleções da CBF

03.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

A "epidemia geral" de Barroso

A "epidemia geral" de Barroso

28.02.2024 21:15 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

28.02.2024 20:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

28.02.2024 20:16 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
STF vai decidir futuro da Uber no Brasil

STF vai decidir futuro da Uber no Brasil

28.02.2024 19:52 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.