O Antagonista

Defesa de réu do 8/1 aponta erro em condenação defendida por Moraes

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.11.2023 10:49 comentários
Brasil

Defesa de réu do 8/1 aponta erro em condenação defendida por Moraes

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, suspendeu o julgamento em plenário virtual de Eduardo Zeferino Englert, um dos réus do 8 de janeiro, após a defesa do acusado apontar um erro na condenação defendida pelo magistrado...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.11.2023 10:49 comentários 0
Defesa de réu do 8/1 aponta erro em condenação defendida por Moraes
Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, suspendeu o julgamento em plenário virtual de Eduardo Zeferino Englert, um dos réus do 8 de janeiro, após a defesa do acusado apontar um erro na condenação defendida pelo magistrado.

Moraes havia votado pela condenação do empresário de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, a 17 anos de prisão. Contudo, no domingo, 5, o ministro do STF pediu destaque, levando o caso para o plenário físico do Supremo Tribunal Federal e anulando os votos dados até o final de semana.

Segundo a Folha de S. Paulo, o advogado de Englert alegou no dia 31 de outubro que o réu nunca esteve no acampamento montado em frente ao Quartel-General do Exército, em Brasília, contrariando o que o ministro apontou no voto pela condenação. Um laudo pericial apresentado pela defesa do acusado mostrou que ele teria saído de Santa Maria no dia 6 de janeiro e chegado a Brasília no dia 8, “sem qualquer passagem pelo QGEx”.

“Verifica-se, desta forma, que nunca esteve nos acampamentos com os demais manifestantes. Argumento diverso daquele que serviu de substrato para o voto de Vossa Excelência que condenaria o réu pelos crimes mais graves (golpe de Estado e abolição violenta do Estado Democrático de Direito) e do crime de associação criminosa armada”, afirmou a defesa na petição.

O advogado também disse que o réu só ingressou no Palácio do Planalto, onde foi preso em flagrante no dia 8 de janeiro, “para se proteger das bombas de efeito moral”.

Em seu voto, Moraes dizia haver “prova contundente” de que Eduardo Zeferino Englert chegou em Brasília no dia 7 de janeiro “para a prática de crimes descritos na denúncia e ficou no QGEx entre os dias 7 e 8 de janeiro”.

“Ficou claro, a partir das provas produzidas e das circunstâncias acima delineadas, que se aliou subjetivamente à associação criminosa armada (consciência da colaboração e voluntária adesão), com estabilidade e permanência, culminando no ocorrido no dia 8”, acrescentou Moraes.

O julgamento de Englert começou no dia 27 de outubro em plenário virtual e estava previsto para ser concluído nesta terça, 7. Ainda não há data para que o caso de Englert seja retomado em plenário físico.

Mais Lidas

1

Astro de Hollywood cancela turnê após "piada" sobre atentado a Trump

Visualizar notícia
2

"Tiros mostram qual é a alternativa à democracia constitucional"

Visualizar notícia
3

PT não acredita que Trump sofreu um atentado?

Visualizar notícia
4

Exclusivo: Após lobby, clã Bolsonaro cria ‘startup’ para explorar grafeno

Visualizar notícia
5

Janones promete seguir "chafurdando na lama"

Visualizar notícia
6

A receita para denunciar desafetos do STF

Visualizar notícia
7

China bane maior aplicativo católico do mundo

Visualizar notícia
8

Mercado repercute Lula e Trump

Visualizar notícia
9

Human Rights Watch finalmente reconhece centenas de crimes de guerra do Hamas

Visualizar notícia
10

Temperaturas vão subir em pleno inverno

Visualizar notícia

Tags relacionadas

8 de janeiro Alexandre de Moraes STF
< Notícia Anterior

"No judaísmo, 30 dias marcam o fim do período inicial de luto"

07.11.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Lucro normalizado da TIM cresce 53% no 3º tri e vai a R$ 724 mi

07.11.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Corregedoria afasta desembargador do TJ-PR após polêmica

Corregedoria afasta desembargador do TJ-PR após polêmica

17.07.2024 13:24 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Empresário é encontrado morto e amarrado na garagem de casa em SP

Empresário é encontrado morto e amarrado na garagem de casa em SP

17.07.2024 13:10 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Flamengo tem sequência de jogos para disparar no Brasileirão

Flamengo tem sequência de jogos para disparar no Brasileirão

17.07.2024 13:10 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
CadÚnico: saiba como receber programas sociais do Governo Federal

CadÚnico: saiba como receber programas sociais do Governo Federal

17.07.2024 12:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.