O Antagonista

Defesa de Bolsonaro sobre operação: “Uso excessivo do poder”

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 29.01.2024 19:40 comentários
Brasil

Defesa de Bolsonaro sobre operação: “Uso excessivo do poder”

Para a PGR, a troca de mensagens flagradas no celular de Ramagem confirma a tese de que havia um sistema de monitoramento

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 29.01.2024 19:40 comentários 0
Defesa de Bolsonaro sobre operação: “Uso excessivo do poder”
Carlos Bolsonaro em live familiar. Foto: Reprodução/YouTube

A defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que houve “uso excessivo do poder estatal” na operação que mirou o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) no Rio de Janeiro nesta segunda-feira, 29 de janeiro, no âmbito de investigações sobre a Abin paralela.

A informação é do Globo.

“A medida empreendida hoje, em uma residência familiar, com a apreensão indiscriminadas de bens pessoais de terceiros, sem ordem judicial específica, configura inegável abuso e uso excessivo do poder estatal, postura que deve cessar imediatamente, sob pena de configurar verdadeiro atentado à democracia”, diz a defesa em nota.

“A defesa entende que houve um excesso no cumprimento da busca e apreensão, ao passo que foram apreendidos objetos pessoais de cidadãos diversos do vereador Carlos Bolsonaro, apenas pelo fato de estarem no endereço em que a busca foi realizada”, acrescenta.

Segundo a defesa, o material apreendido “não tem nenhuma relação com a investigação informada pelos agentes policiais, tais como um computador pessoal e um tablet do assessor do ex-Presidente, mesmo tendo sido demonstrado no local que tais objetos eram do profissional que não está sendo investigado, assim como anotações pessoais utilizadas na preparação da live ocorrida no dia anterior”.

Investigações

A solicitação de ‘ajuda’ se referia a investigações que envolveriam os filhos do então presidente da República e deste mesmo. A autoridade representante enxerga no episódio o recurso do que chama de ‘núcleo político’ do grupo ao dr. Ramagem, para obtenção de informações sigilosas e/ou ações ainda não totalmente esclarecidas”, diz a PGR no pedido de busca e apreensão contra Carlos Bolsonaro.

A PGR ainda acrescenta: “A interferência sobre procedimentos não seria acontecimento avulso no período. A representação minudencia a descoberta de impressão, pelo dr. Ramagem, em fevereiro de 2020, de informações de inquéritos eleitorais em curso na Polícia Federal que listavam políticos do Rio de Janeiro”.

Segundo a PF, o ex-diretor-geral da Abin utilizou o software First Mile para monitorar aproximadamente 1,5 mil pessoas. Segundo a decisão de Moraes, ocorreram mais de 60 mil monitoramentos.

A pescaria de Bolsonaro

O ex-secretário especial de Comunicação da Presidência Fabio Wajngarten negou nesta segunda-feira, 29, que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e seu filho Carlos Bolsonaro (Republicanos) tenham fugido da Polícia Federal.

Segundo o advogado de Bolsonaro, o ex-presidente saiu para pescar com filhos e amigos “bem antes de qualquer notícia”.

O ex-presidente e seus filhos estão na casa da família na praia de Mambucaba, uma vila de Angra dos Reis (RJ).

Quando a PF chegou ao local, Jair e Carlos Bolsonaro não estavam presentes.

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ; à esquerda na foto) acusou a PF de fazer uma “pescaria ilegal” com a operação que investiga o irmão.

Brasil

Homem de 43 anos morre após descarga elétrica em Lagoa Grande

05.03.2024 08:59 2 minutos de leitura
Visualizar

Gerente de hotel na Índia é preso após servir gelo seco como refresco de boca a clientes

Visualizar

Agência da ONU em Gaza “está infestada de terroristas”

Visualizar

Relatório da ONU expõe crimes sexuais e torturas em série do Hamas

Alexandre Borges Visualizar

Vibra comemora lucro recorde, mas perde participação de mercado

Rodrigo Oliveira Visualizar

Justiça nega pedido do Vasco para suspender licitação do Maracanã

Visualizar

Tags relacionadas

Carlos Bolsonaro Jair Bolsonaro PF
< Notícia Anterior

Suspeito de homicídio em casa noturna do RJ é preso

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

O que se sabe sobre a base dos EUA na Jordânia, alvo de ataques mortais?

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Homem de 43 anos morre após descarga elétrica em Lagoa Grande

Homem de 43 anos morre após descarga elétrica em Lagoa Grande

05.03.2024 08:59 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
MEI: prazo para enviar a declaração, entenda como evitar multas

MEI: prazo para enviar a declaração, entenda como evitar multas

05.03.2024 08:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Corpo de policial militar que desapareceu durante pescaria é encontrado em Goiás

Corpo de policial militar que desapareceu durante pescaria é encontrado em Goiás

05.03.2024 08:26 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Suspeito de integrar facção criminosa é preso em Paraíba do Sul

Suspeito de integrar facção criminosa é preso em Paraíba do Sul

05.03.2024 08:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.