Comissão da Câmara analisa PEC que anistia partidos que não aplicaram o mínimo em campanhas femininas Comissão da Câmara analisa PEC que anistia partidos que não aplicaram o mínimo em campanhas femininas
O Antagonista

Comissão da Câmara analisa PEC que anistia partidos que não aplicaram o mínimo em campanhas femininas

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 22.03.2022 06:30 comentários
Brasil

Comissão da Câmara analisa PEC que anistia partidos que não aplicaram o mínimo em campanhas femininas

A Comissão Especial da Câmara vai analisar nesta terça-feira (22) o parecer da Proposta de Emenda à Constituição que trata de candidaturas femininas (PEC 18/21). A proposta mantém as punições para os partidos que não respeitaram o mínimo de 30% de mulheres candidatas nas eleições anteriores...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 22.03.2022 06:30 comentários 0
Comissão da Câmara analisa PEC que anistia partidos que não aplicaram o mínimo em campanhas femininas
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

A Comissão Especial da Câmara vai analisar nesta terça-feira (22) o parecer da Proposta de Emenda à Constituição que trata de candidaturas femininas (PEC 18/21). A proposta mantém as punições para os partidos que não respeitaram o mínimo de 30% de mulheres candidatas nas eleições anteriores. 

Na prática, a proposta impõe aos partidos a aplicação de recursos do fundo partidário na promoção e difusão da participação política das mulheres, bem como a aplicação de recursos desse fundo e do fundo de financiamento de campanha e a divisão do tempo de propaganda gratuita no rádio e na televisão para candidaturas femininas.

Em 2018, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a distribuição de recursos do Fundo Partidário destinado ao financiamento das campanhas eleitorais direcionadas às candidaturas de mulheres deve ser feita na exata proporção das candidaturas de ambos os sexos, respeitado o patamar mínimo de 30% de candidatas mulheres.

A obrigação de uso de 5% do fundo partidário para a promoção da participação política das mulheres já está prevista na Lei dos Partidos Políticos. A ideia dos parlamentares é incluir ambas as regras na Constituição Federal.

Em entrevista a O Antagonista, como mostramos, a eleitoralista Gabriella Miranda disse que, desde que foi instaurada como regra, a obrigação de partidos repassarem pelo menos 30% da verba do fundo eleitoral para campanhas femininas já foi alvo de diversas propostas no Congresso com objetivo de flexibilizar essa porcentagem.

“A bola da vez é a PEC 18/2021 que visa tornar constitucional o repasse mínimo de 30% dos fundos partidário e eleitoral para mulheres, é vendida como avanço, mas o objetivo é anistiar as siglas que não repassarem verba a mulheres, mais especificamente em seu art.6-B, dispõe que não serão aplicadas sanções de qualquer natureza, inclusive de devolução de valores, multa ou suspensão do Fundo Partidário aos partidos que não preencheram a cota mínima de gênero e/ou raça, ou que não destinaram os valores mínimos correspondentes a estas finalidades, em eleições ocorridas antes da promulgação desta Emenda Constitucional”, diz.

Brasil

Alerta de ventania e inundações no Sul podem subir novamente o Guaíba

23.05.2024 11:28 2 minutos de leitura
Visualizar

Sindicatos acusam governo Lula de tolher direito de greve

Visualizar

Quadrilha de roubos a bancos e Rolex é desarticulada no Rio

Visualizar

Quaquá justifica à PF tapa no plenário da Câmara

Visualizar

Concurso público Câmara de Apiaí 2024: salários de até R$ 4.4 mil

Visualizar

CCJ do Senado marca votação do novo Código Eleitoral

Wesley Oliveira Visualizar

Tags relacionadas

feminina mulheres política
< Notícia Anterior

Biden acusa Putin de estar pensando em usar armas químicas

22.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

"Russos têm estoques para três dias"

22.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Alerta de ventania e inundações no Sul podem subir novamente o Guaíba

Alerta de ventania e inundações no Sul podem subir novamente o Guaíba

23.05.2024 11:28 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Sindicatos acusam governo Lula de tolher direito de greve

Sindicatos acusam governo Lula de tolher direito de greve

23.05.2024 11:27 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Quadrilha de roubos a bancos e Rolex é desarticulada no Rio

Quadrilha de roubos a bancos e Rolex é desarticulada no Rio

23.05.2024 11:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Quaquá justifica à PF tapa no plenário da Câmara

Quaquá justifica à PF tapa no plenário da Câmara

23.05.2024 11:12 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.