Cassação de Chiquinho Brazão avança no Conselho de Ética Cassação de Chiquinho Brazão avança no Conselho de Ética
O Antagonista

Cassação de Chiquinho Brazão avança no Conselho de Ética

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 15.05.2024 16:08 comentários
Brasil

Cassação de Chiquinho Brazão avança no Conselho de Ética

Um parecer favorável à admissibilidade do processo de cassação de Chiquinho Brazão foi aprovado nesta quarta por 16 votos a 1

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 15.05.2024 16:08 comentários 0
Cassação de Chiquinho Brazão avança no Conselho de Ética
Fonte: Bruno Spada/Câmara dos Deputados

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 15, por 16 votos a 1, um parecer favorável à admissibilidade do processo de cassação do deputado Chiquinho Brazão (sem partido-RJ), acusado de ser um dos mandantes dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

A aprovação do relatório elaborado pela deputada federal Jack Rocha (PT-ES) é a primeira etapa do processo de cassação.

Em seu parecer, a deputada do PT afirmou que todos os requisitos necessários para dar seguimento à cassação de Brazão estão presentes.

“Ademais, registre-se que a conduta descrita na peça inicial configura, em tese, afronta ao decoro parlamentar, no que será apurado ao longo da instrução probatória”, disse a relatora.

O processo

Após a aprovação do parecer, o Conselho de Ética da Câmara deverá ouvir testemunhas e juntar documentos ao processo. Chiquinho Brazão também poderá apresentar uma nova defesa em até dez dias úteis.

O Conselho fará uma segunda análise do caso em até 50 dias.

Mantida a escolha pela cassação, caberá ao plenário da Câmara dos Deputados decidir se irá cassar ou não o parlamentar acusado de mandar matar Marielle.

A contar da instauração do processo no Conselho de Ética, o prazo para deliberação do plenário é de 90 dias úteis. 

A prisão de Chiquinho Brazão

Operação conjunta da Procuradoria-Geral da República, do Ministério Público do Rio de Janeiro e da Polícia Federal prendeu em 24 de março três suspeitos de serem os mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em 2018.

Foram detidos os irmãos Domingos e Chiquinho Brazão e o delegado Rivaldo Barbosa.

No início de abril, a Câmara aprovou a manutenção da prisão preventiva do deputado, decretada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal.

O placar foi de 277 votos a favor, 129 contrários e 28 abstenções.

Leia também:

PGR denuncia irmãos Brazão pelo assassinato de Marielle

Mundo

"É como acusar os EUA após o 11 de setembro"

Alexandre Borges
21.05.2024 14:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Lula continua sendo humilhado por Maduro 

Carlos Graieb Visualizar

Opositor critica Netanyahu, mas repudia pedido de prisão e comparação com Hamas

Visualizar

Leilão: A bíblia de 1 milhão de Elvis Presley

Visualizar

Crusoé: Após crise diplomática, Milei vai sair para cantar

Visualizar

PF combate fraudes no Enem em Marabá

Visualizar

Tags relacionadas

Câmara dos Deputados Chiquinho Brazão Conselho de Ética da Câmara Jack Rocha
< Notícia Anterior

No Rio Grande do Sul, Lula critica 'nojeira' das fake news

15.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Onde assistir Ituano x Sport: confira detalhes da partida

15.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

PF combate fraudes no Enem em Marabá

PF combate fraudes no Enem em Marabá

21.05.2024 13:29 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

21.05.2024 13:07 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

21.05.2024 13:04 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Moraes defende "regulamentação internacional" da IA para eleições

Moraes defende "regulamentação internacional" da IA para eleições

21.05.2024 12:46 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.