Caso Marielle: o que contou Élcio Queiroz em delação premiada Caso Marielle: o que contou Élcio Queiroz em delação premiada
O Antagonista

Caso Marielle: o que contou Élcio Queiroz em delação premiada

avatar
Otávio Augusto
3 minutos de leitura 24.07.2023 11:58 comentários
Brasil

Caso Marielle: o que contou Élcio Queiroz em delação premiada

Há 20 dias, o ex-policial militar Élcio Queiroz, em delação premiada, confessou que dirigiu o carro usado no ataque contra a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes...

avatar
Otávio Augusto
3 minutos de leitura 24.07.2023 11:58 comentários 0
Caso Marielle: o que contou Élcio Queiroz em delação premiada
O ex-PM Élcio de Queiroz. Foto: MPRJ/Divulgação

Há 20 dias, o ex-policial militar Élcio Queiroz, em delação premiada, confessou que dirigiu o carro usado no ataque contra a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes. Além disso, ele contou que o ex-policial reformado Ronnie Lessa fez os disparos.

Após a homologação da delação pela Justiça, as informações foram usadas para avançar nas investigações. O conteúdo  foi divulgado pela Polícia Federal na manhã desta segunda-feira (24).

Élcio detalha, no depoimento, que a participação do ex-bombeiro Maxwell Simões Corrêa, o Suel, preso na manhã desta segunda-feira, no Rio de Janeiro, remonta aos meses de agosto a setembro de 2017 até o dia do crime.

Em relação à execução, Élcio conta detalhes desde a chamada do Ronnie, por aplicativo de mensagem instantânea.

O trajeto

Ele detalhou o caminho percorrido para executar Marielle: Avenida Leopoldina, Avenida Vradil e Linha Amarela até  pararem na casa do irmão de Ronnie .

De lá, pegam um táxi. A investigação, com informações da cooperativa de táxi, comprovou a corrida do Méier até a Barra. Lá, eles pegam o carro usado no crime e dão continuidade à ação.

De acordo com a versão de Élcio, Ronnie montou a metralhadora no carro e colocou um silenciador nela. Quando avistou Marielle, ele teria dito estar “pensado em pegar aqui mesmo”.

Participação de Suel

A delação aponta que Ronnie e Élcio encontraram com Suel, no Meier, com o objetivo de dar fim ao carro usado no crime. De acordo com o delator, eles já teriam outra placa em mãos e fizeram a trocaram, além de uma varredura no veículo para tirar qualquer vestígio do crime.

O ex-bombeiro teria ficado em Rocha Miranda para fazer o descarte do Cobalt com Edilson Barbosa dos Santos, conhecido como “Orelha”.

Segundo Élcio, Suel fez campanas para vigiar a vereadora e participaria da emboscada, mas acabou trocado por ele.

Informações checadas

O superintendente da Polícia Federal no Rio, Leandro Almada, frisou que as informações da delação de Élcio foram confirmadas de “forma taxativa”.

O delegado da Polícia Federal responsável pelo caso, Guilhermo Catramby, afirmou que Ronnie pesquisou o CPF e o endereço de Marielle e da filha dela dois dias antes do crime.

“O depoimento da esposa do Ronnie indicou que no dia 14 ambos não estavam na residência de Ronnnie. A partir desses elementos, é apresentado ao colaborador, ele se sentiu à vontade em colaborar. Conseguimos concatenar as informações”, comentou.

A vereadora e o motorista foram assassinados a tiros na noite de 14 de março de 2018, em uma emboscada no centro do Rio de Janeiro.

 

Mundo

Oposição reage sobre reparação por escravidão: "traição à pátria"

Alexandre Borges
25.04.2024 04:50 2 minutos de leitura
Visualizar

EUA enviam mísseis de longo alcance para Ucrânia

Alexandre Borges Visualizar

Estrangeiros em protestos antissemitas podem ser deportados

Alexandre Borges Visualizar

Musk em guerra judicial por super pacote de remuneração

Alexandre Borges Visualizar

Athletico-PR vence o Danubio pela Sul-Americana e segue 100%

Visualizar

Botafogo vence o Universitario pela Libertadores com golaço de Luiz Henrique

Visualizar

Tags relacionadas

delação premiada Élcio Queiroz Marielle Franco
< Notícia Anterior

Caso Marielle: "Um pacto de silêncio foi rompido", diz MPRJ após delação

24.07.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Meio-Dia em Brasília - Os assassinos de Marielle Franco

24.07.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Otávio Augusto

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

PC-RJ indicia suspeitos por assassinato de advogado a queima roupa

PC-RJ indicia suspeitos por assassinato de advogado a queima roupa

24.04.2024 20:56 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
20 toneladas de queijo sao apreendidas em Minas Gerais

20 toneladas de queijo sao apreendidas em Minas Gerais

24.04.2024 20:51 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ludmilla ganha relógio de luxo de Brunna no aniversário de 29 Anos

Ludmilla ganha relógio de luxo de Brunna no aniversário de 29 Anos

24.04.2024 20:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Suposto sobrinho de Marcola, do PCC, teria sido preso em operação no SC

Suposto sobrinho de Marcola, do PCC, teria sido preso em operação no SC

24.04.2024 20:24 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.