Cabo da PM de Goiás é preso após atirar contra carro de policial no DF Cabo da PM de Goiás é preso após atirar contra carro de policial no DF
O Antagonista

Cabo da PM de Goiás é preso após atirar contra carro de policial no DF

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 04.03.2024 20:57 comentários
Brasil

Cabo da PM de Goiás é preso após atirar contra carro de policial no DF

Cabo da PM de Goiás, Wilson Viana da Silva, preso após disparar contra carro de policial da reserva no Distrito Federal. Apreensão de armas e esmeraldas. Saiba mais!

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 04.03.2024 20:57 comentários 0
Cabo da PM de Goiás é preso após atirar contra carro de policial no DF
Fonte: Reprodução / PCDF

Na madrugada desta segunda-feira (4), foi reportado que o cabo da Polícia Militar de Goiás, Wilson Viana da Silva, de 41 anos, foi detido pela PM do Distrito Federal (PMDF). O motivo da prisão foi um ataque contra o veículo de um policial da reserva. O incidente ocorreu em Águas Claras, uma região administrativa do Distrito Federal.

Relato do policial da reserva

A ação se desenrolou quando uma equipe da PMDF, que monitorava as quadras residenciais da área, foi abordada pelo policial da reserva Marino Agostinho Ramos, de 57 anos. Ramos reportou que seu carro, um Toyota SW4 preto, foi atingido por um disparo de arma de fogo.

Em uma declaração oficial, a PM do Distrito Federal confirmou que “atendeu a uma ocorrência de disparo de arma de fogo, e um policial solicitou apoio à equipe do 17° BPM, pois seu veículo havia sido alvejado por um indivíduo”.

A identificação do agressor

De acordo com as informações fornecidas pela vítima, o ataque teria sido perpetrado pelo motorista de um Volkswagen Polo branco, que após o incidente, entrou em um condomínio residencial. A equipe da PM se deslocou até o endereço indicado, onde confirmou que o motorista do Polo, identificado como o cabo Silva, havia entrado no condomínio com seu carro.

Apesar das tentativas da PM em estabelecer contato com Silva, elas foram em vão. Isso levou ao acionamento do Batalhão de Operações Especiais (Bope), para iniciar a Operação Gerente – uma estratégia utilizada em situações de gerenciamento de crise, como em casos com reféns.

A detenção do cabo Silva

Segundo o Corpo de Bombeiros, o cabo Silva estava em surto psicótico na ocasião. No entanto, não resistiu à abordagem e foi detido. Durante a busca em sua residência, os policiais militares encontraram duas armas de fogo, uma grande quantidade de munição e diversas pedras preciosas, incluindo dois lotes de esmeraldas.

Atualmente, o cabo Silva está detido na 21ª Delegacia de Polícia e a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) está investigando o caso.

Brasil

Homem é decapitado em hospital público de Fortaleza

23.04.2024 13:35 4 minutos de leitura
Visualizar

Crusoé: Na cabeça de Lula, Brasil é polo de resistência contra "extrema-direita"

Visualizar

Onde assistir Lazio x Juventus: confira detalhes da partida

Visualizar

Ex-funcionário ataca hospital e mata colega brutalmente em Fortaleza

Visualizar

Crusoé: Como presidente, Lula já passou 545 dias no exterior

Visualizar

A direita deixou de existir no Brasil?

Visualizar

Tags relacionadas

Distrito Federal Goiás policial militar
< Notícia Anterior

O homem que barrou o golpe

04.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Áudio do VAR do clássico São Paulo e Palmeiras recomendou pênalti

04.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Homem é decapitado em hospital público de Fortaleza

Homem é decapitado em hospital público de Fortaleza

23.04.2024 13:35 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Na cabeça de Lula, Brasil é polo de resistência contra "extrema-direita"

Crusoé: Na cabeça de Lula, Brasil é polo de resistência contra "extrema-direita"

23.04.2024 13:32 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ex-funcionário ataca hospital e mata colega brutalmente em Fortaleza

Ex-funcionário ataca hospital e mata colega brutalmente em Fortaleza

23.04.2024 13:28 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Como presidente, Lula já passou 545 dias no exterior

Crusoé: Como presidente, Lula já passou 545 dias no exterior

23.04.2024 13:27 1 minuto de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.