Barroso, sobre atos de 8/1: “Cenas de primitivismo explícito” Barroso, sobre atos de 8/1: “Cenas de primitivismo explícito”
O Antagonista

Barroso, sobre atos de 8/1: “Cenas de primitivismo explícito”

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.01.2024 20:32 comentários
Brasil

Barroso, sobre atos de 8/1: “Cenas de primitivismo explícito”

O ministro Luís Roberto Barroso (foto), presidente do Supremo Tribunal Federal, classificou os atos de vandalismo do 8 de janeiro como...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.01.2024 20:32 comentários 0
Barroso, sobre atos de 8/1: “Cenas de primitivismo explícito”
Foto: Gustavo Moreno-SCO-STF

O ministro Luís Roberto Barroso (foto), presidente do Supremo Tribunal Federal, classificou os atos de vandalismo do 8 de janeiro como o mais virulento ataque às instituições do país em quase 40 anos”

“Pessoas inconformadas com o resultado das eleições, movidas por agressividade incontrolada, destruíram fisicamente os bens materiais que encontravam, enquanto procuravam destruir simbolicamente a democracia”, escreveu em artigo publicado neste domingo, 7, na Folha. 

“Se não ganha quem eu quero eu não aceito o resultado e viro a mesa. Foram cenas de primitivismo explícito, acrescentou.

Em seu texto, Barroso afirmou que o fracasso da tentativa de golpe de Estado naquele dia “não minimiza a sua gravidade”

“Houve mentores, financiadores e executores. Aceitar tudo isso com naturalidade e condescendência seria um estímulo a novas aventuras criminosas antidemocráticas. Precisamos, é certo, virar a página. Mas não arrancá-la do livro da história.”

Os ataques de 8 de janeiro completam um ano nesta segunda-feira. Vândalos que não aceitaram vitória de Lula nas eleições presidenciais de 2022, foram à Esplanada dos Ministérios, invadiram a praça dos Três Poderes e o Palácio do Planalto.

Em um ano, 2.170 pessoas foram presas, a maioria por ter invadido e atacado os prédios. Desse total, 66 pessoas permanecem presas

Pesquisa Genial/ Quaest divulgada neste domingo, 7, mostra que a rejeição dos brasileiros aos ataques continua elevada. Segundo o levantamento, 89% não concordam com as invasões, enquanto apenas 6% disseram aprovar. Os outros 3% não souberam responder.

Os atos de vandalismo são rejeitados mesmo entre eleitores de Jair Bolsonaro. De acordo com o levantamento, 85% não concordam com as invasões. Entre os eleitores de Lula, esse índice é de 94%.

A pesquisa também mediu a percepção da população sobre o papel de Bolsonaro nos atos de 8 de janeiro. 47% dos entrevistados disseram acreditar que o ex-presidente influenciou de alguma forma as invasões, enquanto 43% consideram que não houve interferência.

Leia também: 8 de janeiro: democracia inabalada?

Brasil

Bolsa Família 2024: Evite suspensões atualizando seu cadastro

24.05.2024 19:30 3 minutos de leitura
Visualizar

Megaoperação em SP apreende 85 mil vapes

Visualizar

John Textor planeja vender o time Crystal Palace

Visualizar

Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente

Visualizar

INSS e sindicato unem forças: Novas mudanças para bancários

Visualizar

Deslizamento catastrófico em Papua-Nova Guiné

Visualizar

Tags relacionadas

8 de janeiro artigo atos de 8 de janeiro barroso bolsonaro Lula Três Poderes vandalismo
< Notícia Anterior

Programa Nota Legal DF, saiba como economizar: Abatimentos e prêmios te esperam!

07.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Ensaios para o Carnaval 2024 do Rio começaram nesse fim de semana

07.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Bolsa Família 2024: Evite suspensões atualizando seu cadastro

Bolsa Família 2024: Evite suspensões atualizando seu cadastro

24.05.2024 19:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Megaoperação em SP apreende 85 mil vapes

Megaoperação em SP apreende 85 mil vapes

24.05.2024 19:25 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente

Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente

24.05.2024 19:10 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
INSS e sindicato unem forças: Novas mudanças para bancários

INSS e sindicato unem forças: Novas mudanças para bancários

24.05.2024 19:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.