O Antagonista

Autor de PEC que limita ação da PF no Congresso critica operação contra Carlos Bolsonaro

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.01.2024 11:23 comentários
Brasil

Autor de PEC que limita ação da PF no Congresso critica operação contra Carlos Bolsonaro

Proposta de PEC tem 55 assinaturas. São necessárias 171 para apresentação formal à Câmara e início de tramitação

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.01.2024 11:23 comentários 0
Autor de PEC que limita ação da PF no Congresso critica operação contra Carlos Bolsonaro
Foto: Bruno Spada / Câmara dos Deputados

O deputado Rodrigo Valadares (União-SE) criticou a operação da Polícia Federal desencadeada na manhã desta segunda-feira, 29, que tem entre os alvos Carlos Bolsonaro. Na avaliação dele, trata-se de uma “perseguição desenfreada” contra a oposição

“Mais um absurdo cometido contra os opositores do governo Lula. Está cristalino que querem destruir a oposição com essa perseguição desenfreada”, disse Valadares.

O parlamentar é autor da Proposta de Emenda à Constituição que restringe o acesso da Polícia Federal ao Congresso em caso de mandados de busca e apreensão a serem cumpridos em gabinetes do legislativo.

Até o momento o a proposta de PEC tem 55 assinaturas. São necessárias 171 para que a proposta seja formalmente apresentada e comece a tramitar na Câmara.

Pelo texto, seria necessária aprovação prévia da Mesa Diretora do Legislativo para que a execução de medidas judiciais contra congressistas, como mandados de segurança em gabinetes.

A PEC foi elaborada após ações da Polícia Federal contra os deputados Carlos Jordy e Delegado Ramagem, ambos do PL do Rio de Janeiro. No caso de Jordy, ele é investigado no inquérito que apura mentores intelectuais do 8 de janeiro. Ramagem, que foi diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), é suspeito de operar um esquema dentro da instituição para monitoramento ilegal de agentes e pessoas públicas.

Carlos Bolsonaro é vereador do Rio de Janeiro. Na operação desta segunda foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao filho do ex-presidente Jair Bolsonaro no e também na Câmara do Rio. A PF levou computadores do gabinete do vereador carioca.

Brasil

Roteiro Antagonista: Lula do Caribe

26.02.2024 05:59 4 minutos de leitura
Visualizar

INSS: cobranças abusivas em consignados, CGU revela falhas no controle de juros

Visualizar

Revisão da Vida Toda: STF avança em análise para aposentadorias

Visualizar

Jogando bem, Corinthians perde para Ponte Preta e se complica

Visualizar

Cromossomo Y Está desaparecendo

Visualizar

Conheça a última área a ser mapeada nos EUA por ser inacessível

Visualizar

< Notícia Anterior

Magalu anuncia aumento de capital para reforçar caixa

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

"Nenhuma arma forjada prevalecerá", diz Michelle após operação contra Carluxo

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Roteiro Antagonista: Lula do Caribe

Roteiro Antagonista: Lula do Caribe

26.02.2024 05:59 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
INSS: cobranças abusivas em consignados, CGU revela falhas no controle de juros

INSS: cobranças abusivas em consignados, CGU revela falhas no controle de juros

26.02.2024 05:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Revisão da Vida Toda: STF avança em análise para aposentadorias

Revisão da Vida Toda: STF avança em análise para aposentadorias

26.02.2024 05:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Casa Tody: loja de calçados fecha após 70 anos na Avenida Paulista

Casa Tody: loja de calçados fecha após 70 anos na Avenida Paulista

25.02.2024 21:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.