Atleta de Taekwondo é vítima de racismo e agressão em metrô de SP Atleta de Taekwondo é vítima de racismo e agressão em metrô de SP
O Antagonista

Atleta de Taekwondo é vítima de racismo e agressão em metrô de SP

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 16.05.2024 09:04 comentários
Brasil

Atleta de Taekwondo é vítima de racismo e agressão em metrô de SP

Descubra o ato racista contra o atleta de Taekwondo no metrô e as consequências legais.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 16.05.2024 09:04 comentários 0
Atleta de Taekwondo é vítima de racismo e agressão em metrô de SP
Divulgação

Integrante da Seleção Brasileira de Taekwondo, Gabriel Santos, conhecido também como Mussum, foi alvo de um ato racista seguido de agressão na tarde desta quarta-feira (15) na estação de metrô São Caetano do Sul-Prefeito Walter Braido, na Região do Grande ABC Paulista. O autor foi identificado e também imobilizado por pessoas que estavam no local.

Gabriel Santos estava abraçado de uma amiga enquanto esperava pelo trem. O agressor se aproximou e deu um chute nas costas de Gabriel. O homem foi contido por pessoas próximas e seguranças da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), e foi encaminhado à uma delegacia. A vítima fez exame de corpo de delito em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) próxima antes de ser liberada, após também ir à delegacia. O caso foi registrado como lesão corporal e injúria racial.

Repercussões e Reações ao Ato

Após a prisão, o Tribunal de Justiça concedeu liberdade provisória ao autor mediante a cumprimento de medidas cautelares. A Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD) se manifestou sobre o caso e se solidarizou com Gabriel. O lutador também foi às redes sociais e disse que se encontra bem após o episódio.

Nota de Repúdio contra Ofensa Racista Sofrida pelo atleta Gabriel Campolina dos Santos

“Nós, Confederação Brasileira de Taekwondo, vimos por meio desta expressar nosso veemente repúdio e indignação diante da ofensa racista dirigida ao atleta Gabriel Campolina dos Santos. É inadmissível que em pleno século XXI, em uma sociedade que preza pela igualdade e respeito mútuo, ainda nos deparemos com atos tão repugnantes de discriminação racial.

A discriminação racial não só fere a dignidade humana, mas também vai contra os valores de justiça e igualdade que buscamos promover em nossa comunidade. Repudiamos veementemente qualquer forma de preconceito, seja ele racial, étnico, religioso ou de qualquer outra natureza.

Expressamos nossa solidariedade ao atleta Gabriel Campolina dos Santos e reiteramos nosso compromisso em combater ativamente o racismo e todas as formas de discriminação. É dever de todos nós lutar por uma sociedade mais justa e inclusiva, onde todos possam viver livremente, sem medo de serem alvo de ódio e intolerância.

Devemos agir firmemente para garantir que casos como este não se repitam, e que os culpados sejam responsabilizados conforme a lei.

Encorajamos também a reflexão e o diálogo dentro de nossa comunidade, promovendo o respeito à diversidade e o entendimento mútuo como ferramentas essenciais na construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Reiteramos nosso apoio a Gabriel Campolina dos Santos e a todas as vítimas de discriminação racial, e nos comprometemos a continuar lutando por um mundo onde o respeito e a dignidade de cada indivíduo sejam verdadeiramente valorizados.

Lembramos que o Comitê Olímpico Brasileiro disponibiliza cursos de combate ao racismo. Maiores informações em www.cob.org.br.”

Brasil

Avança na Câmara projeto de lei sobre destinar cadáveres para treinamento canino

29.05.2024 20:23 2 minutos de leitura
Visualizar

Enchentes causam prejuízo de R$ 336 milhões às locadoras de veículos

Visualizar

Ayrton Lucas se lesiona e desfalca Flamengo

Visualizar

Reinier fala sobre voltar para o Flamengo

Visualizar

Câmara de POA declara: Não vai ter Impeachment

Visualizar

Trator sem freio destrói bomba de combustível em Congonhas

Visualizar

Tags relacionadas

lutador metrô racismo taekwondo
< Notícia Anterior

Guia 2024: como declarar ganhos judiciais no Imposto de Renda

16.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Concurso da Caixa: Candidatos pedem adiamento nacional por justiça

16.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Avança na Câmara projeto de lei sobre destinar cadáveres para treinamento canino

Avança na Câmara projeto de lei sobre destinar cadáveres para treinamento canino

29.05.2024 20:23 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Enchentes causam prejuízo de R$ 336 milhões às locadoras de veículos

Enchentes causam prejuízo de R$ 336 milhões às locadoras de veículos

29.05.2024 20:17 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Câmara de POA declara: Não vai ter Impeachment

Câmara de POA declara: Não vai ter Impeachment

29.05.2024 19:34 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Trator sem freio destrói bomba de combustível em Congonhas

Trator sem freio destrói bomba de combustível em Congonhas

29.05.2024 19:26 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.