As disputas políticas em torno da crise em Maceió As disputas políticas em torno da crise em Maceió
O Antagonista

As disputas políticas em torno da crise em Maceió

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 04.12.2023 14:42 comentários
Brasil

As disputas políticas em torno da crise em Maceió

Risco de desabamento de mina da Braskem ampliou as disputas entre o grupo do deputado Arthur Lira e do senador Renan Calheiros no estado de Alagoas...

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 04.12.2023 14:42 comentários 0
As disputas políticas em torno da crise em Maceió
Gilberto Júnior/ Gov. Alagoas

O risco de desabamento de uma das minas da Braskem em Maceió ampliou as disputas entre grupos políticos do estado de Alagoas nos últimos dias. Desde o início da crise, aliados do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), têm travado embates com o governador de Alagoas, Paulo Dantas (MDB), ligado ao senador Renan Calheiros (MDB-AL).

As disputas chegaram ao Palácio do Planalto, e integrantes do governo do presidente Lula (PT) buscam nos bastidores amenizar a crise entre os dois grupos alagoanos. Na semana passada, o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PL), mais conhecido como JHC, aliado de Lira, cobrou que o governo federal tivesse mais envolvimento na ofensiva de atendimento aos moradores que precisaram deixar as suas casas.

Segundo a Defesa Civil de Maceió, pelo menos cerca de 60 mil pessoas tiveram que deixar suas casas por conta do afundamento do solo. Até 2019 a Braskem fazia a extração de sal-gema em 35 poços abertos na cidade de Maceió. Desde 2018, a região vive uma tensão, com abalos sísmicos que provocaram afundamento e rachaduras em cinco bairros da capital.

Paralelamente, o ministro dos Transportes, Renan Filho, vem pressionando para que o Senado instale a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Braskem. O requerimento para criação do colegiado é de autoria do pai do ministro, o senador Renan Calheiros, que ja ameaçou ir ao Supremo Tribunal Federal (STF) pela CPI.

A disputa política na região é vista como pano de fundo para a instalação da comissão de inquérito. Calheiros pretende, por exemplo, usar o colegiado para investigar a aquisição do Hospital do Coração pelo prefeito de Maceió, JHC, no valor de 266 milhões de reais.

Renan argumenta que a transação, feita após pagamento de indenização da Braskem por um desastre ambiental provocado pela empresa no início do ano, foi ilegal. O requerimento da CPI já foi lido em plenário, mas até o momento, apenas o MDB fez as indicações.

Após a crise, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), indicou que pode atuar para agilizar a instalação do colegiado. Na sexta-feira, 1º, Lira abordou a questão política em torno da possibilidade de uma tragédia.

O presidente da Câmara disse que “Maceió é o único inocente neste processo”. “Importante a gente reativar na cabeça da população que esse é um problema que existe. Deve ser tratado de frente, sem maiores complicações políticas”, afirmou.

Nesta segunda-feira, 4, o diretor-presidente da Braskem, Roberto Bischoff, disse que “situações políticas” distorcem informações sobre o desastre ambiental em Maceió. “Infelizmente, [esse tema] entra em alguma situação política que a gente acaba tendo informações distorcidas, redes sociais”, disse durante evento da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim).

Mundo

Rússia e Vietnã: Parceria estratégica para dominar a Ásia-Pacífico

20.06.2024 12:25 2 minutos de leitura
Visualizar

Calor extremo mata mais de 1000 peregrinos em Meca

Visualizar

Alerta: Níveis do Rio Guaíba disparam e ilhas tem novo alagamento

Visualizar

Como a sucessão de Lira trava a escolha do vice de Nunes

Visualizar

Suspeitos de homicídio na Linha Amarela "Coroa" e "Diretor" estão procurados

Visualizar

IBM processada por políticas "woke" que discriminam funcionários

Alexandre Borges Visualizar

Tags relacionadas

Arthur Lira Braskem JHC Maceió Paulo Dantas e Lula Renan Calheiros
< Notícia Anterior

Conselho de Segurança de Israel eleva nível de ameaça em 80 países

04.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Exército de Israel ataca depósito de armas do Hezbollah no Líbano

04.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Alerta: Níveis do Rio Guaíba disparam e ilhas tem novo alagamento

Alerta: Níveis do Rio Guaíba disparam e ilhas tem novo alagamento

20.06.2024 12:11 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Como a sucessão de Lira trava a escolha do vice de Nunes

Como a sucessão de Lira trava a escolha do vice de Nunes

20.06.2024 12:07 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Suspeitos de homicídio na Linha Amarela "Coroa" e "Diretor" estão procurados

Suspeitos de homicídio na Linha Amarela "Coroa" e "Diretor" estão procurados

20.06.2024 12:06 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Mãe de Marília Mendonça revela seu estado de saúde atual e detalhes do ocorrido

Mãe de Marília Mendonça revela seu estado de saúde atual e detalhes do ocorrido

20.06.2024 11:48 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.