O Antagonista

Apoio de Lula e Bolsonaro vira ativo na disputa pelos governos estaduais

avatar
Wilson Lima
3 minutos de leitura 10.10.2022 18:41 comentários
Brasil

Apoio de Lula e Bolsonaro vira ativo na disputa pelos governos estaduais

O apoio tanto de Jair Bolsonaro quanto de Lula ao longo do segundo turno virou um importante ativo na reta final da campanha eleitoral nos estados. Nas regiões Norte, Centro-Oeste e Sul candidatos disputam o vínculo com o atual presidente da República...

avatar
Wilson Lima
3 minutos de leitura 10.10.2022 18:41 comentários 0
Apoio de Lula e Bolsonaro vira ativo na disputa pelos governos estaduais
Foto: Alan Santos/PR e Ricardo Stuckert Montagem: Daniel Medeiros/O Antagonista

O apoio tanto de Jair Bolsonaro quanto de Lula ao longo do segundo turno virou um importante ativo na reta final da campanha eleitoral nos estados. Nas regiões Norte, Centro-Oeste e Sul candidatos disputam o vínculo com o atual presidente da República; no Nordeste, a maioria dos candidatos busca apoio do petista no segundo turno.

Dos 24 candidatos que disputam o segundo turno nos 12 estados, nove estão alinhados ao presidente da República: Carlos Manato (PL-ES), Renan Contar (PRTB-MS), Eduardo Riedel (PSDB-MS), Onyx Lorenzoni (PL-RS), Jorginho Mello (PL-SC), Tarcísio de Freitas (Republicanos-SP), Wilson Lima (Republicanos-AM), Marcos Rocha (União Brasil-RO) e Marcos Rogério (PL-RO).

Lula tem entre seus apoiadores Renato Casagrande (PSB-ES), Décio Lima (PT-SC), Fernando Haddad (PT-SC), João Azevedo (PSB-PB), Marília Arraes (Solidariedade-PE), Jerônimo Rodrigues (PT-BA), Paulo Dantas (MDB-AL), Rogério Carvalho (PT-SE), Fábio Mitidieri (PSD-SE) e Eduardo Braga (MDB-AM).

Em alguns estados, porém, há divergências sobre quais caminhos devem ser tomados. No Espírito Santo, aliados do governador Renato Casagrande em partidos como PP e Podemos distribuíram em grupos de WhatsApp mensagens com a seguinte mensagem: “Bolsonaro lá, Casagrande cá”.

O compartilhamento do material irritou o candidato oficial bolsonarista no estado, o ex-deputado Carlos Manato (PL). Há receio de que o candidato apoiado pelo PT seja derrotado justamente pelo vínculo com o ex-presidente da República.

“O nome disso é desespero. Manato e Bolsonaro são 22. Agora que ganharam para deputado federal, tentam neutralizar a onda Bolsonaro. Eles têm vídeo com o presidente? Vão gravar programa eleitoral com o presidente?”, reclamou Manato pelas redes sociais.

Em Alagoas, Rodrigo Cunha (União-AL) mantém uma posição de neutralidade. Mas aliados de Bolsonaro, como o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), trabalham pela eleição de Cunha por dois motivos: derrotar o clã Calheiros no estado e ampliar a bancada governista no Senado.

Caso Cunha seja eleito, Eudócia Caldas —mãe do prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o JHC, que é suplente do candidato da União Brasil— assumirá definitivamente uma vaga no Senado, dando uma margem ainda maior para o presidente da República na Casa.

Em dois estados, Rondônia e Mato Grosso do Sul, o apoio do presidente da República é disputado pelos dois candidatos ao governo do estado. Em Mato Grosso do Sul, o palanque bolsonarista é disputado por Renan Contar (PRTB) e Eduardo Riedel (PSDB); em Rondônia, a briga pelo apoio do presidente está entre Marcos Rocha (União Brasil) e Marcos Rogério (PL).

O apoio de Lula foi visto como ativo importante para as candidaturas de Marília Arraes, em Pernambuco, e de Fernando Haddad, em São Paulo. Já a declaração de voto de Bolsonaro é apontada como essencial para impulsionar as candidaturas de Tarcísio de Freitas, em São Paulo, e de Onyx Lorenzoni, no Rio Grande do Sul.

Mais Lidas

1

TSE vai endossar farsa eleitoral de Maduro por Lula?

Visualizar notícia
2

É tudo culpa da Casa Civil

Visualizar notícia
3

Luiz Inácio “biruta de aeroporto” da Silva

Visualizar notícia
4

Se a ideologia woke fosse uma pessoa, seria Kamala Harris

Visualizar notícia
5

Inspirado por Biden, Datena ensaia ‘datenar’

Visualizar notícia
6

"Democratas colhem o que plantaram"

Visualizar notícia
7

Atletas zombam da falta de conforto na Vila Olímpica

Visualizar notícia
8

Kamala Harris recusa convite para presidir sessão com Netanyahu

Visualizar notícia
9

Celso Amorim é mais que “observador” da farsa eleitoral de Maduro

Visualizar notícia
10

Censura na EBC na mira da Câmara

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Jair Bolsonaro Lula palanques estaduais
< Notícia Anterior

TRE do Paraná adia julgamento sobre candidatura de Deltan Dallagnol

10.10.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Fake: postagem sobre desarmamento atribuída a Lula é montagem

10.10.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wilson Lima

Wilson Lima é jornalista formado pela Universidade Federal do Maranhão. Trabalhou em veículos como Agência Estado, Portal iG, Congresso em Foco, Gazeta do Povo e IstoÉ. Acompanha o poder em Brasília desde 2012, tendo participado das coberturas do julgamento do mensalão, da operação Lava Jato e do impeachment de Dilma Rousseff. Em 2019, revelou a compra de lagostas por ministros do STF.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

GM lança Chevrolet Equinox EV no Brasil: Modelo já está no site da marca

GM lança Chevrolet Equinox EV no Brasil: Modelo já está no site da marca

23.07.2024 11:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Revisão do INSS: benefícios cortados antes do pente-fino, entenda

Revisão do INSS: benefícios cortados antes do pente-fino, entenda

23.07.2024 11:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
João Campos escanteia PT e escolhe vice do PCdoB

João Campos escanteia PT e escolhe vice do PCdoB

Wesley Oliveira
23.07.2024 11:08 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Empreendedorismo e assistência social: a conexão entre MEI e CadÚnico

Empreendedorismo e assistência social: a conexão entre MEI e CadÚnico

23.07.2024 11:05 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.