Apesar da queda no número de casos, dengue ainda preocupa Apesar da queda no número de casos, dengue ainda preocupa
O Antagonista

Apesar da queda no número de casos, dengue ainda preocupa

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 02.04.2024 20:47 comentários
Brasil

Apesar da queda no número de casos, dengue ainda preocupa

Segundo o Ministério da Saúde, em sete estados e no Distrito Federal, o pico da dengue já foi atingido e a curva está agora em queda

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 02.04.2024 20:47 comentários 0
Apesar da queda no número de casos, dengue ainda preocupa
Foto: Freepik/Via Fotos Públicas

O Ministério da Saúde divulgou recentemente que o Brasil está em um declínio em relação à epidemia de dengue. Segundo o órgão, em sete estados e no Distrito Federal, o pico da doença já foi atingido e a curva está agora em queda. Outras 12 unidades da federação estão em estabilidade. No entanto, há sete estados, principalmente do Nordeste, que apresentam tendência de aumento de casos e óbitos.

Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira, 2, a secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente do Ministério da Saúde, Ethel Maciel, explicou que o comportamento da doença no Nordeste é diferente do início nos primeiros estados afetados pela epidemia de forma mais grave. Por isso, espera-se que o próximo balanço possa confirmar a análise nacional sobre a passagem do pico da doença.

Ao analisarmos esse crescimento no Nordeste, observamos que a situação não está se desenvolvendo na mesma velocidade que em outros estados. Isso resulta em um menor número de casos no geral“, afirmou Ethel Maciel.

Estados com alta de casos

Os estados que estão apresentando tendência de alta nos casos são Alagoas, Bahia, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. Por outro lado, os estados que já estão registrando uma queda consolidada são Acre, Amazonas, Espírito Santo, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Piauí e Roraima.

Apesar da queda registrada em alguns estados, o Ministério da Saúde ressalta que as medidas de prevenção e combate ao vetor da doença devem continuar sendo adotadas.

De acordo com o Ministério da Saúde, ainda existem 11 decretos estaduais de emergência vigentes, além de 465 decretos municipais. No último boletim, esse número era de 407 municípios. O Rio de Janeiro, primeiro município a decretar emergência em saúde por dengue, finalizou o decreto, o que é um exemplo da tendência de queda observada.

Verbas destinadas ao combate a dengue

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, para auxiliar as regiões afetadas, foram distribuídos R$ 95 milhões. No total, há R$ 1,5 bilhão reservados para ações contra a dengue no Brasil.

O último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde mostra que a epidemia de dengue já acumula 2.624.300 casos prováveis, 24.218 casos graves e com sinais de alarme, 991 óbitos confirmados e 1.483 em investigação.

Dengue em São Paulo

Em relação ao estado de São Paulo, foram confirmadas 190 mortes por dengue e há outras 350 em investigação. O número de casos confirmados da doença chega a 402.529.

Na capital paulista, foram registradas 33 mortes por dengue de janeiro até 27 de março. Somente na última semana, houve um aumento de 73,6% no número de óbitos, passando de 19 para 33. Além disso, outros 80 óbitos estão sendo investigados.

Essas informações são provenientes do boletim epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde, divulgado nesta segunda-feira, 1º. Até o dia 20 de março, a cidade já havia registrado 19 mortes. No ano inteiro de 2023, foram registradas dez mortes pela doença.

O número de casos também apresentou um aumento significativo em relação ao mesmo período do ano passado, saltando de 3.905 para 89.153 neste ano, um aumento de 2.183%. Esse é o maior número desde 2015, quando o país viveu uma epidemia com muitos casos e mortes.

Brasil

Crusoé: Em MG, Zema reluta em nome do Novo à prefeitura de BH

23.04.2024 14:45 2 minutos de leitura
Visualizar

Congresso estima aumento nas despesas obrigatórias do governo

Visualizar

Lula descarta reforma ministerial

Visualizar

Palmeiras na Libertadores: foco da preparação foi a altitude de Quito

Visualizar

Quanto custará a PEC que turbina salários de juízes

Visualizar

Santos triplica números de sócios torcedores em ano de Série B

Visualizar

Tags relacionadas

Dengue Epidemia de dengue Ethel Maciel Ministério da Saúde Vacina contra a dengue
< Notícia Anterior

Volta de Dirceu prova o atraso do Brasil

02.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Brasil pode chegar a mil mortes por dengue

02.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Crusoé: Em MG, Zema reluta em nome do Novo à prefeitura de BH

Crusoé: Em MG, Zema reluta em nome do Novo à prefeitura de BH

23.04.2024 14:45 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Congresso estima aumento nas despesas obrigatórias do governo

Congresso estima aumento nas despesas obrigatórias do governo

23.04.2024 14:42 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Lula descarta reforma ministerial

Lula descarta reforma ministerial

23.04.2024 14:37 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Homem é decapitado em hospital público de Fortaleza

Homem é decapitado em hospital público de Fortaleza

23.04.2024 13:35 4 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.