Wandscheer: "Sou Evangélico, Mas Não Faço Política Com a Igreja" Wandscheer: "Sou Evangélico, Mas Não Faço Política Com a Igreja"
O Antagonista

“Amanhã vou ficar em casa lendo a Bíblia”, diz deputado evangélico

avatar
Diego Amorim
2 minutos de leitura 06.09.2021 17:22 comentários
Brasil

“Amanhã vou ficar em casa lendo a Bíblia”, diz deputado evangélico

Nem todos os deputados evangélicos irão aos atos de 7 de Setembro em defesa de Jair Bolsonaro. O deputado Toninho Wandscheer (Pros), que foi vice-líder do governo no Congresso, disse a O Antagonista não concordar com o engajamento de igrejas evangélicas nas manifestações de amanhã...

avatar
Diego Amorim
2 minutos de leitura 06.09.2021 17:22 comentários 0
“Amanhã vou ficar em casa lendo a Bíblia”, diz deputado evangélico
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Nem todos os deputados evangélicos irão aos atos de 7 de Setembro em defesa de Jair Bolsonaro.

O deputado Toninho Wandscheer (Pros), que foi vice-líder do governo no Congresso, disse a O Antagonista não concordar com o engajamento de igrejas evangélicas nas manifestações de amanhã.

“Sou evangélico, mas não faço política com a igreja. Eu acho que a função da igreja é pregar o Evangelho, o amor de Deus. E isso aí [os atos de amanhã] está um pouco exagerado. Cada um tem sua escolha, mas a participação de evangélicos amanhã não representa a opinião de todos. Eu sou a favor da liberdade, mas não da liberdade sem responsabilidade.”

Toninho acrescentou que ficará em casa neste Dia da Independência.

“Eu vou ficar em casa lendo a Bíblia, pedindo a Deus que proteja as pessoas que forem às ruas, para que ninguém se fira, em todos os sentidos”, afirmou.

O deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade), também evangélico, é outro que não vai participar dos atos de amanhã.

“Não vou participar. Não é momento disso, na minha visão. Até porque não está muito bem definido qual o objetivo desses atos.”

Aureo disse que “é bom as igrejas se envolverem na política”, defendeu “liberdade para se manifestar”, mas ponderou que, neste momento, “existe uma discussão real no país, que é econômica e envolve os preços da gasolina e do arroz”, por exemplo.

“A bancada evangélica defende valores muito ligados à pauta da direita e são valores importantes. Mas o Brasil tem que dar certo [do ponto de vista econômico] para que tudo isso ocorra.”

Na semana passada, o líder da bancada, deputado Cezinha de Madureira (PSD), disse a O Antagonista que “os evangélicos vão às ruas orar pelo Brasil” no Dia da Independência. Ele acrescentou ser esta a primeira vez em que as igrejas evangélicas se envolvem diretamente em atos a favor de Bolsonaro e do atual governo. Leia mais aqui.

Também como registramos, um vídeo que circula em grupos de WhatsApp bolsonaristas afirma que as manifestações serão um evento “bíblico”, uma “anti-revolução”.

Mundo

Crusoé: a pergunta que constrange todos os candidatos nas eleições no México

Caio Mattos, Da Cidade do México
29.05.2024 22:38 3 minutos de leitura
Visualizar

Triton: o novo submarino que vai levar dois milionários ao Titanic

Visualizar

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

Visualizar

Robô frequenta escola no lugar de menino doente. Veja vídeo

Visualizar

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Visualizar

Chegou o imposto ‘do bem’

Visualizar

Tags relacionadas

7 de Setembro Áureo Ribeiro bancada evangélica evangélicos igrejas liberdade Toninho Wandscheer
< Notícia Anterior

CBF diz que avisou Argentina três vezes sobre veto a jogadores vindos da Inglaterra

06.09.2021 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

AO VIVO: Moraes paga para ver - Papo Antagonista com Claudio Dantas e Diogo Mainardi

06.09.2021 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Diego Amorim

Se formou em jornalismo pela UnB. Trabalhou no Blog do Noblat e no Correio Braziliense. Gosta da notícia e dos bastidores dela em qualquer área. Entre outros prêmios, ganhou duas vezes o Esso de Informação Econômica e duas vezes o Embratel. Está em O Antagonista desde abril de 2016, quando se juntou à equipe para a cobertura do impeachment de Dilma Rousseff. Desde então, não tem dado sossego a políticos de todos os partidos em Brasília. É chefe de redação de O Antagonista em Brasília.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

29.05.2024 21:25 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

29.05.2024 20:58 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

29.05.2024 20:54 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

29.05.2024 20:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.