O Antagonista

Alckmin: “É crucial lutarmos contra o antissemitismo”

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 04.02.2024 16:31 comentários
Brasil

Alckmin: “É crucial lutarmos contra o antissemitismo”

Vice-presidente diz ser “absolutamente inaceitável” a agressão sofrida por comerciante judia em Arraial d’Ajuda, na Bahia

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 04.02.2024 16:31 comentários 10
Alckmin: “É crucial lutarmos contra o antissemitismo”
Foto: Marcos Corrêa/PR

O vice-presidente da República, Geraldo Alckmin (foto), afirmou neste domingo, 4, repudiar “veementemente” os insultos antissemitas direcionados a Herta Breslauer, comerciante judia agredida na sexta-feira em Arraial d’Ajuda, na Bahia.

Em publicação nas redes sociais, Alckmin disse que a agressão “é absolutamente inaceitável, especialmente em um país como o Brasil, conhecido por sua diversidade cultural e tolerância”.

“O Brasil é uma nação formada pela mistura de povos e culturas, e atitudes discriminatórias contrariam os valores fundamentais de respeito e convivência pacífica. É crucial lutarmos contra o antissemitismo e qualquer forma de discriminação”, escreveu no X.

A comerciante judia sofreu ataques antissemitas em uma loja em Arraial d’Ajuda. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o momento em que Herta Breslauer foi chamada de “assassina de crianças” por uma mulher.

“Sionista, assassina de crianças. Eu vou te pegar, maldita sionista”, disse a mulher no vídeo. A agressora foi contida por um homem.

Após o ataque, a lojista foi a uma delegacia registrar boletim de ocorrência.

“Acabei de ser agredida, estou saindo da Polícia Civil. Fiz um B.O. Eu tenho um estabelecimento aqui no Arraial. Ela entrou, me agrediu, me bateu, destruiu minha loja, simplesmente pelo fato de eu ser judia, só por conta disso”, afirmou a comerciante em vídeo.

Em nota, a Confederação Israelita do Brasil e a Sociedade Israelita da Bahia denunciaram a agressão “repugnante” e “covarde” e defenderam que o ataque seja investigado como crime de ódio.

“A Conib vem pedindo moderação e equilíbrio às nossas lideranças para não importarmos o trágico conflito em curso no Oriente Médio. O antissemitismo deve ser condenado por todos, e sua explosão nos últimos meses aqui no Brasil e no mundo é consequência de visões odiosas e distorcidas sobre Israel e judeus manifestados por personalidades e distribuídas pelas redes sociais. Isso precisa acabar para evitarmos consequências ainda mais graves”, afirmam na nota.

Mundo

Agência da ONU em Gaza “está infestada de terroristas”

05.03.2024 08:45 3 minutos de leitura
Visualizar

Relatório da ONU expõe crimes sexuais e torturas em série do Hamas

Alexandre Borges Visualizar

Vibra comemora lucro recorde, mas perde participação de mercado

Rodrigo Oliveira Visualizar

Justiça nega pedido do Vasco para suspender licitação do Maracanã

Visualizar

MEI: prazo para enviar a declaração, entenda como evitar multas

Visualizar

Corpo de policial militar que desapareceu durante pescaria é encontrado em Goiás

Visualizar

Tags relacionadas

Alckmin antissemitismo bahia comerciante
< Notícia Anterior

Sobe para 6 o número de mortos em operação na Baixada Santista

04.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

SNL zomba de pedido de Chicago por cessar-fogo em Gaza

04.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (10)

Luiz Claudio Rezende

2024-02-05 06:29:16

A agressora só está seguindo o conselho do José Genuíno, ex-presidente do Partido Nacional Socialista do PT.


Celso

2024-02-04 21:25:12

Quem apoia a entrada do Irã nos BRICS e apoia a ação da Arica dos Sul contra Israel não pode falar contra antissemitismo.


Celso

2024-02-04 20:47:57

Ou saia do governo e cobre Lula.


Celso

2024-02-04 20:47:40

Lula apoia o Hamas. Cobre dele.


Marian

2024-02-04 19:50:26

Pois é , nesses últimos dias, foram várias demonstrações de racismo né?


AEC

2024-02-04 18:28:06

Alkmin fazendo teatro!


Carlos Augusto Lins Brito Da Silva

2024-02-04 17:32:34

Falta só combinar com o seu governo.


Jurandir Santana

2024-02-04 17:11:37

Se pensa assim, o que faz nesse governo


lzs

2024-02-04 16:42:35

A pergunta é: já prenderam a agressora ou vão ficar no discurso??


Neia De Lazzari

2024-02-04 16:40:04

Está escrevendo no gelo ou vai afrontar mesmo o LulónL 🤮🤮🤮


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

MEI: prazo para enviar a declaração, entenda como evitar multas

MEI: prazo para enviar a declaração, entenda como evitar multas

05.03.2024 08:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Corpo de policial militar que desapareceu durante pescaria é encontrado em Goiás

Corpo de policial militar que desapareceu durante pescaria é encontrado em Goiás

05.03.2024 08:26 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Suspeito de integrar facção criminosa é preso em Paraíba do Sul

Suspeito de integrar facção criminosa é preso em Paraíba do Sul

05.03.2024 08:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Cuca a Gleisi: “Conhece bem os efeitos de uma descondenação”

Cuca a Gleisi: “Conhece bem os efeitos de uma descondenação”

05.03.2024 08:09 4 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.