Pílula anticoncepcional sem receita agora disponível nos EUA Pílula anticoncepcional sem receita agora disponível nos EUA
O Antagonista

Pílula anticoncepcional sem receita agora disponível nos EUA

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 04.03.2024 13:55 comentários
Mundo

Pílula anticoncepcional sem receita agora disponível nos EUA

Descubra como a pílula anticoncepcional Opill, agora vendida sem receita nos EUA, busca melhorar o acesso à contracepção para todas as mulheres.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 04.03.2024 13:55 comentários 0
Pílula anticoncepcional sem receita agora disponível nos EUA
Fonte: PERRIGO

As farmácias americanas estão começando a receber a primeira pílula anticoncepcional de venda livre do país. A Food and Drug Administration (FDA), órgão governamental responsável pela regulamentação de medicamentos, aprovou a pílula Opill para ser vendida sem prescrição para mulheres de todas as idades. Segundo a FDA, a medida visa diminuir as barreiras de acesso à contracepção.

Nesta segunda-feira, o fabricante da Opill anunciou que a pílula estará disponível nas lojas e online nas próximas semanas, custando US $19,99 (equivalente a R$ 105,00). A pílula é um anticoncepcional à base de progestina, conhecida como “minipílula”, que é particularmente segura pois não contém estrogênio, o que diminui os efeitos colaterais e os riscos à saúde. Os efeitos colaterais mais comuns da Opill incluem sangramento irregular, dores de cabeça, tonturas e náuseas.

Acesso à contracepção

Os EUA se juntam a mais de 100 países ao redor do mundo que disponibilizaram a pílula anticoncepcional sem receita, incluindo a maioria dos países da América Latina, e grandes nações como Índia, China e Reino Unido.

O acesso à contracepção é importante para a saúde e o bem-estar das mulheres, principalmente para as adolescentes enfrentando várias barreiras, como a falta de seguro de saúde e dificuldades de transporte para consultas médicas. Além disso, as mulheres também enfrentam estigma e vergonha da parte de profissionais de saúde e pais ao tentar obter a pílula.

Réplica da sociedade e questões de preço

Embora a decisão da FDA tenha sido aplaudida por vários grupos médicos e grupos de defesa, como o Advocates for Youth, algumas pessoas ainda estão preocupadas com o preço da pílula.

O Free the Pill, um grupo que luta pelo acesso ampliado ao anticoncepcional, comemorou a notícia, mas destacou que o preço atual ainda significa que a pílula estará fora do alcance de muitas pessoas que estão lutando para sobreviver financeiramente.

O grupo defende que a pílula seja coberta pelas seguradoras de saúde. Embora as regulamentações nos EUA exijam uma prescrição para cobrir o custo dos medicamentos, os pacientes podem receber reembolso parcial ou total, dependendo de seu provedor e plano, de acordo com o fabricante da Opill.

Mundo

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

24.05.2024 22:26 3 minutos de leitura
Visualizar

Google revisa IA para corrigir erros bizarros

Visualizar

Inmet alerta: Junho deve ser a salvação do Rio Grande do Sul

Visualizar

Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

Visualizar

Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

Visualizar

Rodolfo Borges na Crusoé: Um goleiro nunca é o bastante

Visualizar

Tags relacionadas

EUA pílula anticoncepcional receita médica
< Notícia Anterior

Barroso sobre Forças Armadas: “Fizeram um papelão”

04.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Eliminado no estadual, Botafogo mira fase de grupo da Libertadores

04.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

24.05.2024 22:26 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Google revisa IA para corrigir erros bizarros

Google revisa IA para corrigir erros bizarros

24.05.2024 22:02 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

24.05.2024 21:16 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

24.05.2024 21:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.