O Antagonista

Fake: idosa bolsonarista detida em Brasília morreu

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 10.01.2023 08:16 comentários
Fact-checking

Fake: idosa bolsonarista detida em Brasília morreu

A Polícia Federal (PF) negou que uma idosa detida no acampamento bolsonarista no Quartel-General do Exército, em Brasília, tenha morrido...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 10.01.2023 08:16 comentários 0
Fake: idosa bolsonarista detida em Brasília morreu
Foto: Twitter/Reprodução e Edu Carvalho/Pexels

É falsa a informação de que uma idosa detida no acampamento bolsonarista no Quartel-General do Exército, em Brasília, tenha morrido. Nessa segunda (9), cerca de 1,2 mil pessoas que estavam no local foram encaminhadas ao ginásio da Academia Nacional da Polícia Federal, um dia após extremistas terem invadido e depredados os prédios dos três Poderes.

A informação, espalhada em publicações nas redes sociais e em aplicativos de mensagens, foi negada pela PF. A foto usada no boato está disponível em um banco de imagens gratuito. Em nota, a corporação afirmou:

“A Polícia Federal informa que é falsa a informação de que uma mulher idosa teria morrido na data de hoje (9/1) nas dependências da Academia Nacional de Polícia”, diz a nota da corporação.

A suposta morte chegou a ser citada pela deputada bolsonarista Bia Kicis (PL) na tribuna da Câmara: “Acabo de receber uma notícia de que uma senhora veio a óbito hoje nas dependências da Polícia Federal. Não foi nas dependências da PM, não. Falo de uma senhora a quem foi negado comida e água e que, depois de horas, e horas, e horas a fio sendo destratada e descuidada, veio a falecer”, afirmou a parlamentar.

“É preciso ainda confirmar essa informação, mas a recebi de mais de uma fonte. Quero aqui lamentar e até torcer para que isso não seja verdade, mas, se for, isso não aconteceu nas dependências da Polícia Militar, e sim, nas da Polícia Federal, que é ligada ao governo federal”, acrescentou Bia Kicis.

Depois, fora da tribuna, a deputada afirmou que a informação havia sido confirmada pela OAB-DF. “É só para falar que a OAB acabou de confirmar o falecimento da senhora que estava lá sob a custódia da Polícia Federal. Só queria confirmar porque eu disse que não tinha certeza. Era só para confirmar essa informação muito triste”, disse.

Horas depois, Bia Kicis afirmou no Twitter que o presidente da OAB-DF não tinha confirmado o óbito e pediu “desculpas pelo equívoco”.

Assista a um dos vídeos que circulam nas redes sociais sobre o assunto:

Papo Antagonista

A malandragem do governo Lula sobre o aborto

29.02.2024 23:56 1 minuto de leitura
Visualizar

TSE reabre a temporada de censura?

Visualizar

Anistia, só para corruptos

Visualizar

Os número de James Rodríguez na sua volta ao São Paulo

Visualizar

Arena MRV é indicada ao prêmio "Estádio do Ano"

Visualizar

Ipespe/Febraban: 67% dos brasileiros acham que inflação cresceu

Visualizar

Tags relacionadas

Bia Kicis bolsonarista extremistas Fake news idosa bolsonarista Invasão bolsonarista PF Polícia Federal vandalismo
< Notícia Anterior

IPCA e FED dão o tom do mercado financeiro hoje

10.01.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Em dia mais letal, 18 morrem em protestos contra governo do Peru

10.01.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Fake: Banco Central não deu um pio sobre Bolsonaro

Fake: Banco Central não deu um pio sobre Bolsonaro

09.02.2023 19:48 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Fake: gasolina já bate R$ 10 em dois estados

Fake: gasolina já bate R$ 10 em dois estados

08.02.2023 20:04 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
Fake: Biden disse que "capitalismo é exploração"

Fake: Biden disse que "capitalismo é exploração"

08.02.2023 12:04 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
Fake: Cuba e Venezuela não pagaram BNDES por causa de Bolsonaro

Fake: Cuba e Venezuela não pagaram BNDES por causa de Bolsonaro

06.02.2023 13:09 1 minuto de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.