Bolsonaro: "Não serão 2 ou 3 que dicidirão como votos serão contados" Bolsonaro: "Não serão 2 ou 3 que dicidirão como votos serão contados"
video destaque
30.03.2022

Bolsonaro: “Não serão 2 ou 3 que decidirão como votos serão contados”

Jair Bolsonaro (foto) voltou a levantar suspeitas sobre o processo eleitoral e o TSE nesta quarta-feira (30). Em evento que virou comício e culto evangélico no Rio Grande do Norte, o presidente afirmou, em tom de ameaça, que a contagem dos votos não será feita por "dois ou três"...

Jair Bolsonaro (foto) voltou a levantar suspeitas sobre o processo eleitoral e o TSE nesta quarta-feira (30).

Em evento que virou comício e culto evangélico no Rio Grande do Norte, o presidente afirmou, em tom de ameaça, que a contagem dos votos não será feita por “dois ou três”.

Podem ter certeza que, por ocasião das eleições de 2022, os votos serão contados no Brasil. Não serão dois ou três que decidirão como serão contados esses votos. Defendemos a democracia, a liberdade e tudo faremos até com sacrifício da nossa vida para que esses direitos sejam relevantes e cumpridos pelo nosso país.”

No discurso, Bolsonaro ainda afirmou que “pouquíssimas pessoas podem muito em Brasília, mas nenhuma delas pode tudo”.

Como mostramos, o presidente voltou a dizer que representa “o bem”, e Lula, “o mal”.

Cada vez mais a população entende quem está do lado do bem e quem está do lado do mal. Não é de esquerda contra direita, é de bem contra o mal. E o bem sempre venceu. E o bem vencerá. O bem está ao lado da maioria da população brasileira.”

Assista:

video destaque

Bolsonaro: “Não serão 2 ou 3 que decidirão como votos serão contados”

Jair Bolsonaro (foto) voltou a levantar suspeitas sobre o processo eleitoral e o TSE nesta quarta-feira (30). Em evento que virou comício e culto evangélico no Rio Grande do Norte, o presidente afirmou, em tom de ameaça, que a contagem dos votos não será feita por "dois ou três"...

Jair Bolsonaro (foto) voltou a levantar suspeitas sobre o processo eleitoral e o TSE nesta quarta-feira (30).

Em evento que virou comício e culto evangélico no Rio Grande do Norte, o presidente afirmou, em tom de ameaça, que a contagem dos votos não será feita por “dois ou três”.

Podem ter certeza que, por ocasião das eleições de 2022, os votos serão contados no Brasil. Não serão dois ou três que decidirão como serão contados esses votos. Defendemos a democracia, a liberdade e tudo faremos até com sacrifício da nossa vida para que esses direitos sejam relevantes e cumpridos pelo nosso país.”

No discurso, Bolsonaro ainda afirmou que “pouquíssimas pessoas podem muito em Brasília, mas nenhuma delas pode tudo”.

Como mostramos, o presidente voltou a dizer que representa “o bem”, e Lula, “o mal”.

Cada vez mais a população entende quem está do lado do bem e quem está do lado do mal. Não é de esquerda contra direita, é de bem contra o mal. E o bem sempre venceu. E o bem vencerá. O bem está ao lado da maioria da população brasileira.”

Assista:

Vídeos mais vistos

1

PT enrola sobre escândalo de leilão

Imagem
0 vídeos
11.06.2024 21:34 2 minutos de leitura
2

Latitude#81: A esquerda mexicana que não é bem de esquerda

Imagem
0 vídeos
08.06.2024 12:45 3 minutos de leitura
3

Gilmar X Moro: a obsessão sem fim

Imagem
0 vídeos
12.06.2024 20:38 1 minuto de leitura
4

A volta do ‘gabinete do ódio’ do PT

Imagem
0 vídeos
10.06.2024 20:35 1 minuto de leitura
5

Mundo deu guinada à direita?

Imagem
0 vídeos
10.06.2024 20:49 1 minuto de leitura

Playlists

Antagonista Docs

Antagonista Meeting

Entrevistas

Ilha de Cultura

Latitude

Meio-Dia em Brasília

Narrativas Antagonista com Madeleine Lackso

Papo Antagonista com Felipe Moura Brasil

Ver mais playlists

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.